Seção

Dicas e Aplicações

Manutenção de box de vidro garante segurança para usuário e rendimentos para vidraceiro

A revisão das peças deve ser feita anualmente, mas poucos vidraceiros exploram esta forma de atuação, que além de poder ser lucrativa, mantém a qualidade do serviço executado anteriormente

09/03/2020

A maioria dos clientes não sabe e poucos vidraceiros informam que o box de vidro precisa de uma manutenção periódica. Os usuários não solicitam esse tipo de serviço por falta de conhecimento. Grande parte dos consumidores acha que o box de vidro, por ser um produto tão comum, não proporciona riscos. Ao mesmo tempo,  muitos problemas que ocorrem no box de vidro não são visíveis, fazendo com que os moradores não vejam os reais riscos. Pode ocorrer um acidente por uma simples peça da ferragem, o que geralmente os usuários não prestam a atenção.

 

Por isso, cabe ao vidraceiro orientar seus clientes, informando esta necessidade e ligando anualmente para reforçar, em um trabalho proativo, pois dificilmente o usuário lembra de procurar o vidraceiro antes de algo mais grave acontecer. Existe ainda uma boa parcela de vidraceiros que não deixa claro a importância de realizar a revisão das peças do box de vidro. A manutenção do box de vidro deve ser feita por um profissional vidraceiro, uma vez por ano, o que é muito importante para garantir a segurança dos moradores que utilizam o produto.

 

 

Nessa manutenção geral, o vidraceiro precisa olhar atentamente a todos os detalhes do box de vidro, desde as ferragens, o kit completo, o vidro e também a sua resistência. O ideal é que o box de vidro inteiro seja revisado. Desde o kit, como as roldanas aparentes, pinos, tubos superiores, perfis e parafusos. Além disso, detalhes como batedores e puxadores também necessitam a manutenção. Por último, o vidro precisa passar também pela verificação – se o mesmo está firme na estrutura, se há algum indício de estar trincado e até mesmo quebrado. Com todos esses requisitos, o box de vidro tem uma vida útil muito longa. 

 

Muitas vezes os problemas com box de vidro ocorrem pela má instalação. Os principais erros são colocar os vidros um em cima do outro, fazer o cálculo errado do vidro, peças soltas e má regulagem. Box de vidro com uma qualidade inferior também podem comprometer a qualidade, pois um box enferrujado não garante a segurança adequada e ainda acabam interferindo no visual, já que terá mais chances de enferrujar e descascar. Entretanto, vale ressaltar que há essa necessidade de manutenção do box de vidro anualmente mesmo que ele tenha sido instalado corretamente e com produtos de qualidade.

 

A manutenção feita pelo cliente também é importante. O vidraceiro precisa explicar ao usuário que há dois tipos de limpeza para o box de vidro. A mais simples deve ser feita toda vez após o banho com água corrente e a completa uma vez por semana, com os utensílios necessários. Ambas têm como objetivo não deixar resíduos de sabonete e shampoo na ferragem e no vidro e também fios de cabelo e outros.

 

Leia também:

 

13 dicas para quem quer trabalhar com box de vidro

 

Saiba o que diz a norma de box de vidro

Deixe seu comentário