Seção

Fique por Dentro

Vidro translúcido é tendência em projetos com vidro

Superfície mais fosca e opaca confere privacidade, controle da iluminação e ainda ajuda a evitar acidentes

18/05/2020

Tendência na arquitetura, o vidro translúcido possui um acabamento fosco, que confere maior privacidade ao filtrar apenas parte da luz, trazendo características mais amenas do vidro transparente, que permite visão total do outro lado do material. 


O vidro translúcido permite uma boa iluminação dos ambientes, tanto residenciais como comerciais, com certa moderação. Assim, pode ser uma opção tanto para quem busca mais privacidade como para locais em que é necessário moderar a iluminação. 

 

A superfície mais fosca do vidro translúcido também é indicada para locais com crianças, idosos e pessoas com problemas de visão, pois evita acidentes que podem ocorrer pela dificuldade de identificar o vidro transparente. 


Aplicação do vidro translúcido


Muitos projetos têm explorado este tipo de vidro em fachadas, assim, é possível trazer iluminação e ampliação do espaço e manter a privacidade. Um exemplo é a nova sede Instituto Moreira Salles, na avenida Paulista, em São Paulo, que utilizou vidro temperado e insulado Master Careé da Linha Atrium da Saint Gobain.

 

 


Os vidros translúcidos podem ainda ser aplicados em portas e janelas, além de divisórias, boxes de vidro,  fechamentos de armários, tampos de mesas e prateleiras. 


O vidro translúcido cria ambientes personalizados e pode ser utilizado em ambientes residenciais, tanto casas como apartamentos, em locais corporativos, comerciais e também muito comumente aplicado em hotéis.


Sua aplicação pode ser intercalada com o vidro transparente ou outros materiais apenas para criar um ambiente mais personalizado e moderno ou simplesmente limitar a privacidade. 


Tipos de vidro translúcido


Alguns exemplos de vidro translúcido são os impressos, aramado, acidado, jateado e o vidro serigrafado. O vidro impresso oferece uma grande variedade de texturas diferenciadas aplicadas à superfície do vidro, trazendo sofisticação e versatilidade. A gravação dessa textura é feita a quente, na saída do vidro do forno de fusão. 


Na conformação/impressão, em estado viscoso, o vidro, a aproximadamente 1200ºC, passa por dois cilindros horizontais de gravação, feitos de aço inox, onde é estampada uma textura na face interior do vidro. O rolo superior é liso e o inferior possui o desenho que irá gravar o padrão desejado em uma das faces do vidro.


O vidro aramado é um tipo de vidro impresso que, além da opacidade, é considerado um vidro de segurança por possuir uma rede metálica de malha quadriculada incorporada à sua massa. 

 

Vidro acidado

 

Os vidros acidado e jateados são semelhantes. Os dois possuem uma aparência fosca e opaca.

 

Entretanto, no vidro acidato a textura se apresenta mais uniforme e suave devido ao seu processo de fabricação. O resultado final lembra uma superfície harmônica e aveludada.

 

Vidro jateado


Os vidros serigrafados, por receberem cores diversas em diferentes tons, também oferecem essa translucidez. Independente da cor escolhida, o nível de transparência pode ser definido conforme a necessidade do projeto. 

 

Saiba mais sobre os vidros coloridos, seus processos de fabricação e tipos de aplicação


Vidros inteligentes


A indústria vidreira a cada ano traz mais modelos novos com alta tecnologia agregada. Um destes conseguiu unir a possibilidade de escolher entre a transparência e translucidez. É o vidro polarizado, que transforma o vidro de cor branca translúcida em incolor, apenas ao apertar um botão. 

 

A produção do vidro polarizado é feita por um processo de laminação de dois vidros com um filme de LCD (liquid cristal display – cristal líquido) com polímeros dispersos. 

 

 

Quando uma voltagem é aplicada, as moléculas se organizam em uma direção específica, tornando-o incolor. Isso permite a passagem de luz por meio do vidro. Quando o dispositivo é desligado, volta à sua condição original, de branco translúcido.

 

Leia também: 

 

Saiba como são feitos os vidros polarizados e seus principais aplicações

 

Indústria cria vidros cada vez mais inteligentes e torna possível funcionalidades antes impensadas

 

 

Deixe seu comentário