Seção

Fique por Dentro

Vidro na Casa Toda: Montamos um roteiro com as possíveis aplicações do vidro em cada ambiente

O vidraceiro precisa conhecer os diversos tipos de vidros e suas aplicações e estar bem atento na visita ao cliente para observar possibilidades para além do que o cliente sugerir, oferecendo ideias que podem resultar em um incremento do orçamento

18/11/2019

 

Com alto apelo estético e funcionalidades diversas, o vidro tem ganhado cada vez mais aplicações em projetos residenciais graças a seus inúmeros benefícios. O vidro traz luminosidade e proporciona sensação de amplitude dos ambientes pela reflexão da luz, sendo ideal para espaços pequenos, além de ser um material resistente, de fácil limpeza e alta durabilidade.

 

O vidraceiro precisa conhecer os diversos tipos de vidros e suas aplicações e estar bem atento na visita ao cliente para observar possibilidades para além do que o cliente sugerir, oferecendo ideias que podem resultar em um incremento do orçamento, já que o cliente pode estar aberto à fazer instalações de vidros e espelhos em locais que não tinha pensado ou mesmo desconhecer um tipo de vidro que irá agregar valor. 

 

Afinal, o cliente não pode saber que deseja algo que não conhece e é papel de um bom negociador criar novas necessidades de consumo. Para te auxiliar montamos um roteiro com os principais ambientes de uma residência, seja casa ou apartamento, com as instalações que poderiam ser feitas em cada um deles e tipos de vidros que podem ser aplicados. Vale ressaltar que é de extrema importância seguir todas as orientações das normas técnicas. 

 

BANHEIROS

 

Box 
Há diversos modelos, de abrir, correr, articulado, do chão ao teto, metade fosco e metade transparente. Podem ser usados vidros impressos, com impressão digital ou com película decorativa. A norma recomenda vidro temperado de 8mm. Esta é a recomendação mínima, mas para uma maior segurança podem ser usadas películas de segurança ou vidro laminado, que tem uma película interna que retém os cacos em caso de quebra. 

 

 

Prateleiras 
Tanto no box como acima da pia ou próximo do vaso sanitário para ser instaladas prateleiras ou pequenas estantes em vidro para colocar cosméticos, toalhas e até objetos de decoração. O mercado oferece uma infinidade de suportes. As ferragens recomendadas para áreas com umidade são as com resistência à corrosão. 

 

Pia
Tanta na pia quanto na cuba e no gabinete podem ser aplicados vidros transparentes, esmaltados ou coloridos, com impressão digital imitando outras texturas, por exemplo, e até vidros curvos ou com bordas trabalhadas. Tanto para pias como prateleiras o vidro recomendado também é no mínimo o temperado. 

 

 

Espelhos
Além dos espelhos comumente utilizados sobre a pia, o material pode ser inserido em outros locais com objetivo de ampliar banheiros pequenos ou para decorar e trazer sofisticação em ambientes com bastante espaço para explorar sua aplicação. 

 

 

 

QUARTOS

 

Janela
A iluminação natural pode ser explorada com grandes vãos, de preferência todo preenchido de vidro com mínimas interferências. O local da residência pode criar a necessidade da utilização de vidros especiais; se for um lugar barulhento, vidros duplos podem trazer mais conforto acústico; se a luz solar na região e posicionamento da janela for muito intensa, os vidros de controle solar proporcionam conforto térmico e diminuição do uso do ar condicionado, otimizando o recebimento da iluminação natural. 

 

 

Espelhos 

Os espelhos são ótimo artifício para ampliar espaços, acrescentando sofisticação. Os espelhos podem revestir paredes, tetos, portas de armário e até móveis como criado-mudo. 

 

 

Revestimento de parede
Vidros texturizados, coloridos ou com impressão digital trazem efeitos e texturas diversas, até imitando outros materiais, mas com toda praticidade de limpeza e durabilidade do vidro. 

 

Móveis e armários de vidro 
Móveis de vidro, prateleiras e portas de armário em vidro, assim como em espelho, são uma alternativa moderna e com maior praticidade à madeira. Podem ser aplicados vidros coloridos, pintados ou serigrafados, ou outros tipos de vidro. 

 

 

COZINHAS

 

 

Revestimento de parede e pia
Em substituição às tradicionais pastilhas, os painéis de vidro na região da pia facilitam a limpeza por não possuir rejuntes e emendas. O vidro também pode ser utilizado como revestimento de paredes livres da cozinha ou em forma de painel para ser utilizado como quadro de avisos. 

 

 

Gabinetes e armários 

Além da praticidade, resistência à umidade e facilidade de manutenção e limpeza, o material traz leveza e sofisticação ao ambiente e a possibilidade de acabamentos de diversos padrões, com variedade de cores e estilos, sendo uma ótima alternativa para portas de gabinetes de pia e dos armários superiores, nas versões transparente ou pintado. 

 

 

Divisória de ambientes
Para criar fechamentos móveis ou dividir ambientes, como por exemplo a cozinha da lavanderia ou para manter a integração com a sala de almoço e jantar, podem ser utilizados vidros com total transparência ou com mais privacidade através de opções como os vidros fosco, jateados, texturizados, pintados ou até os vidros polarizados, uma tecnologia ainda mais moderna, que permite mudar a cor e transparência do vidro de acordo com a necessidade ou reproduzir telas.  

 

Prateleiras e bancadas
O material é utilizado também de outras formas, em tampos de bancadas, ou simplesmente em prateleiras. O indicado é o vidro temperado, pois o vidro comum não oferece resistência suficiente e em caso de quebra provocar cortes. Caso seja aplicado em locais submetidos a grandes temperaturas, é necessário verificar o tipo de vidro e espessura mais adequados. O mercado oferece uma infinidade de produtos, inclusive vidros resistente ao fogo.  

 

 

SALAS

 

Janela e fachadas
Umas das aplicações mais utilizadas do vidro para aproveitamento da iluminação natural, ampliação dos ambientes e integração com o meio exterior são as amplas aberturas, sejam de janelas com grandes vãos ou fachadas toda envidraçada. Para um melhor aproveitamento da luz do sol sem tirar o conforto dos usuários, uma opção para agregar valor são os vidros de controle solar ou refletivos, que trazem também mais privacidade. Em locais com grande intensidade sonora a melhor alternativa são os vidros duplo ou insulado. 

 

 

Tetos e claraboias
Dependendo da arquitetura do ambiente, tetos e claraboias são também uma ótima oportunidade para utilizar a versatilidade do vidro em prol da iluminação natural. Este é o tipo de aplicação na incorporada ao projeto estrutural, mas pode também ser incrementado com vidros de alto valor agregado, como vidros de controle solar para proteção raios solares, vidros autolimpantes em função da dificuldade de acesso para limpeza ou vidros termocrômicos, que controlam a transparência de acordo com a luminosidade. 

 

 

Pisos, escadas e guarda-corpos
Partes do piso da sala em vidro ou até mezaninos com o chão todo de vidro ganham um toque especial com modernidade e sofisticação. As escadas de vidro também conferem uma grande diferenciação aos projetos, com corrimão e guarda-corpo também transparentes. No caso dos pisos, vale ressaltar que devem ser escolhidos vidro laminado ou multilaminado, ou até temperado-laminado, com a espessura adequada para cada situação, assim como nas coberturas, pois o vidro ocupa a função estrutural e precisa garantir grande resistência e sobrecarga. Os guarda-corpos também devem ser utilizados vidros laminados.

 

 

 

Revestimento de parede
Revestidas com espelhos para ampliar ou com vidros coloridos ou com pinturas artísticas e fotos através da impressão digital em vidro ganham um visual surpreendente e cria projetos diferenciados. Podem ser incorporadas texturas de outros materiais, como mármore, pedras e madeira à superfície do vidro, mantendo sua praticidade de limpeza sem desgastar a aparência. 

 

Divisórias
Portas e envidraçamentos para separar um ambiente de outro, como a sala de estar da sala de jantar ou varanda e cozinha totalmente em vidro criam a sensação de amplitude e interação entre os espaços. A privacidade pode ser controlada na transparência do material e com as diversas texturas de vidros impressos oferecidas pelo mercado. Uma opção bastante moderna são os vidros polarizados, que alternam seu nível de transferência com total opacidade ou até servem como painéis para reproduzir imagens e telas de computador.

 

Móveis
Tendência na arquitetura, os móveis de vidro também trazem modernidade e sofisticação ao ambiente, feitos de vidro ou revestidos de superfícies espelhadas, desde tampos de mesa a cadeiras totalmente desenhadas em vidro. 

 

ÁREA EXTERNA

 

Portão
Os portões de vidro são uma tendência que valoriza a fachada. Nas mais variadas obras de portões, o vidro utilizado é o temperado ou temperado-laminado, para garantir a proteção ao redor do ambiente, na espessura mínima recomendada de 8mm ou 10 mm. Em portões basculantes, por exemplo, costuma-se usar o vidro aplicado em esquadrias de alumínio para maior fixação. Os portões também podem ser automatizados.

 

Cobertura
O vidro pode ser aplicado na cobertura da garagem para garantir o conforto e proteção sem perder a iluminação natural ou em áreas gourmet e varandas, criando espaços com grande valor agregado. É um perfeito modo de cobrir uma área externa, pois amplia ou une ambientes, ao mesmo tempo que permite a passagem da luz solar, porém, protegendo o local, móveis e objetos de intempéries naturais como vento e chuva.

 

Sua estrutura pode variar em cores e materiais, como alumínio e aço inox. Apesar da variedade de vidros, em qualquer cobertura, marquise e claraboia deve ser  aplicado pelo menos o vidro laminado de 8 ou 10mm ou o vidro aramado, considerado um vidro de segurança por possuir uma rede metálica de malha quadriculada incorporada à sua massa. Algumas coberturas podem ser retráteis e automatizadas para se adaptarem ao clima e necessidades do cliente. 

 

 

Área Gourmet
Na área gourmet o vidro também pode ser aplicado na churrasqueira para dar um ar de modernidade, além facilitar a visibilidade. O vidro temperado suporta altas temperaturas mas também existem vidros especiais que resistem ao fogo e a maiores intensidades de calor. 

 

 

Guarda-corpo
Nas varandas há sempre uma oportunidade e até mesmo necessidade de um guarda-corpo, que em vidro fica muito mais bonito, trazendo leveza. Em áreas externas, é fundamental que as ferragens sejam resistentes à corrosão, já que a instalação estará sujeita à chuva e intempéries. 

 

Piscina 
Algumas áreas externas podem ser extensas e comportar uma piscina para atividades físicas ou momentos de lazer. As piscinas de vidro são uma tendência na arquitetura contemporânea e criam projetos muito diferenciados. Uma piscina pode ser incrementada com borda infinita, desenhos orgânicos, cascatas e a utilização do vidro em algumas das suas extremidades, por exemplo, ou feita toda em vidro, criando um efeito mágico. A transparência traz leveza e muita modernidade, permitindo a integração da piscina com a casa ou com uma maravilhosa paisagem, além de criar belos efeitos de luz sobre as superfícies. O tipo e espessura do vidro tem que ser calculado por um especialista, pois não é simplesmente um vidro grosso e resistente que vai suportar o peso da água. Existe uma tecnologia que envolve montagem, colas, encaixes, etc, mas é uma alternativa diferenciada para oferecer ao cliente. 

 

Deixe seu comentário