Seção

Feiras e Eventos

Summer Glass

Governador Celso Ramos foi sede do 9º Encontro Sul Brasileiro de Vidreiros que reuniu 211 participantes

14/01/2019

Palestras, apresentações, shows de bandas e a possibilidade de interação e troca de experiências entre os 211 participantes do setor vidreiro e as empresas patrocinadoras foram os principais atrativos do 9º Encontro Sul Brasileiro de Vidreiros. O evento aconteceu entre os dias 22 a 25 de novembro, no resort Águas de Palmas, localizado no município de Governador Celso Ramos (SC). Também conhecido como Summer Glass, o encontro teve como principal organizadora a Ascevi (Associação Catarinense de Empresas Vidreiras).

 

O presidente da Ascevi, Lino Rohden, destacou a importância do evento para os empresários do setor vidreiro. “O encontro foi um sucesso total, pois a equipe da Ascevi se empenhou muito para isso. O evento teve ótimas palestras e foi um momento de confraternização para o setor vidreiro. Com certeza, eventos como esse fortalecem o nosso setor como um todo”.

 

A abertura do encontro contou com discursos dos presidentes das associações vidreiras do sul do Brasil, da Abravidro (Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos) e do Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vidro, Espelhos e Cristais do Estado de Santa Catarina. “Atualmente percebemos que o associativismo deve estar presente em todos os segmentos, pois é somente com a união de todos que o mercado vai se envolver cada vez mais em melhorias para todos os setores”, ressaltou José Domingos Seixas, presidente da Abravidro.

 

As primeiras palestras do encontro abordaram os temas “A importância do Pacto de Franqueza para a saúde dos negócios” de Vanderlei Petri; “Construindo uma empresa lucrativa” de Luiz Bagattini; e “Felicidade pessoal e profissional” de Marcio Schultz. Bagattini destacou que tentou mostrar para os empresários do setor vidreiro a importância do lucro para a sobrevivência de suas empresas.

 

“Quando o empresário está endividado é natural que sua mente não produza tanto, mas o primeiro segredo é pensar positivo, o segundo é não pensar somente no caixa da empresa e, principalmente, se concentrar mais em realmente produzir e fechar negócios”, destacou.

 

No segundo dia de palestras foi a vez de Glauco José Côrte, que fez um verdadeiro “Panorama da Economia Brasileira e Catarinense e Perspectivas”; de Vanessa Tobias falar sobre como "A natureza é perfeita. Encontre a sua" e de Alexandre Pestana abordar a temática “Tempestade vidreira: Quem são os sobreviventes?”.

 

O palestrante Glauco José Côrte é também vice-presidente executivo para a Região Sul da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e falou sobre a relevância do setor vidreiro para a economia catarinense. “Foi um grande prazer ser convidado para participar do encontro do importante setor do vidro, que certamente terá uma participação muito relevante para a reativação da economia, para os novos investimentos e para a preparação do país para um novo ciclo de desenvolvimento”.

 

O participante Antônio Carlos da Cunha, diretor da empresa Lamina Temper, veio de Belo Horizonte para o evento e contou que essa é a segunda vez que participa desse tipo de encontro. “Com certeza voltarei para casa melhor do que eu cheguei, pois eu aprendi bastante coisa, conheci pessoas novas e revi grandes amigos. Foi uma experiência muito boa e todas as palestras me surpreenderam positivamente”.

 

Além de tomar o coffee break para repor as energias, durante os intervalos das palestras, os participantes puderam visitar os stands dos patrocinadores do evento e trocar experiências profissionais. Os participantes também tiveram momentos dedicados ao lazer, para visitar a praia e conhecer toda a estrutura do resort, que conta com 13 piscinas, sala de jogos, recreação, passeio de trenzinho, quadra de tênis, trilhas ecológicas e bar molhado.

 

Além da Ascevi, participaram da organização do evento o Sindicavidros (SC), a Adivipar (Associação dos Distribuidores e Processadores de Vidros do Paraná) e o Sindividros-RS (Sindicato das Indústrias de Vidros, Cristais, Espelhos, Cerâmica de Louça e Porcelana do Estado do Rio Grande do Sul). Além disso, as empresas Agmaq, Arbax, Bottero, Diamanfer, ECG Sistemas, GDS, Glasspeças, Glaston, Gusmão Representações, Intermac do Brasil, Junkes Ferragens, Lopes Máquinas, Ludufix, Muniz Representações, Tec-Vidro, Vétro Máquinas e Vidramaq foram patrocinadoras do evento. Já a Abravidro, a KLA Escola de Negócios e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina foram apoiadoras do Encontro.

 

Samir Cardoso, presidente do Sindicavidros e tesoureiro da Ascevi, destacou a importância dos patrocinadores e do apoio das demais associações para a realização do evento. “Com a ajuda dos patrocinadores e das demais associações, principalmente da Abravidro, a Ascevi fez muito com pouco e o nosso encontro não deixou nada a desejar para os outros eventos do setor. Por isso, nós chegamos ao final dele com a sensação de dever cumprido.”

 

Deixe seu comentário