Seção

Flash

O vidro mutante

Está cada vez mais presente em projetos de arquitetura e design de interiores o vidro que passa de transparente a translúcido e possibilita bloquear ou permitir a visão através do material.

Vidro Mutante

Está cada vez mais presente em projetos de arquitetura e design de interiores o vidro que passa de transparente a translúcido e possibilita bloquear ou permitir a visão através do material. Com uma avançada tecnologia que combina eletricidade e cristais líquidos, o vidro passa do estado transparente ao translúcido com um simples comando, eliminando a necessidade de persianas. 


Fabricados e comercializados no Brasil pela Fanavid, os vidros com controle de transparência são montados com duas lâminas entre as quais é colocado um filme composto por cristais líquidos (LCD) que forma um campo de eletricidade. Se a corrente elétrica estiver desligada, os cristais líquidos ficam desalinhados, impedindo a passagem de luz, o que torna o vidro translúcido. Com a eletricidade ligada, os cristais se orientam e se alinham, tornando o vidro transparente.

A tecnologia requer pouca energia (inferior a 5W/m2) e permite efeitos visuais decorativos na alternância dos estados translúcido e transparente. No estado translúcido, o vidro funciona como uma excelente tela para retroprojetores, por exemplo. Disponível nas cores bronze, cinza, verde ou incolor, o produto tem ainda a vantagem de poder ser curvado. Deve ser usado em áreas internas, em ambientes onde a temperatura fique entre 20°C e 60°C.

Deixe seu comentário