Seção

Flash

Novas normas para vidros corta-fogo

Instruções técnicas (ITs) para vidros corta-fogo e para-chamas

Seminário de segurança contra incêndios na Escola Superior de Bombeiros

Os vidros corta-fogo e para-chamas passaram a ter suas funções e aplicações claramente definidas, em São Paulo, com as instruções técnicas (ITs) que entraram em vigor no dia 10 de maio, com o decreto 56819/2011, assinado pelo governador Geraldo Alckmin. Entre os dias 3 e 5 de maio, membros do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo tomaram conhecimento das novas ITs em um seminário de segurança contra incêndios na Escola Superior de Bombeiros, em Franco da Rocha, Grande São Paulo. “Essa revisão é o final de um longo e árduo trabalho, iniciado já em 2007, cerca de três anos após a revisão anterior”, afirma o Capitão Marcelo Alexandre Cicerelli, do Departamento de Segurança Contra Incêndio do Comando do Corpo de Bombeiros. Segundo Cicerelli, as novas ITs trazem possibilidades de incluir os vidros corta-fogo e para-chamas na proteção de aberturas que exijam materiais com essas propriedades, como átrios, por exemplo.

Deixe seu comentário