Seção

Arquitetura e Vidro

Guarda-corpo: Como escolher o modelo ideal para seu projeto

A proteção pode ser feita em diferentes tipos de materiais e formatos que se adéquam a cada necessidade

14/12/2020

Desenvolvido para criar uma proteção em ambientes com risco de queda, o guarda-corpo pode ser feito de diversas formas, com materiais e acessórios apropriados para cada projeto. 

 

Quando devo instalar um guarda-corpo

Os guarda-corpos devem ser instalados em escadas, corredores, passarelas, entre outros locais elevados, e devem ter ao menos 1,10m de altura. 

 

Tipos de guarda-corpo

Os guarda-corpos podem ser feitos de metal, madeira ou vidro. Os mais comuns são os guarda-corpos de com perfis e barras de metal ou em vidro. 

 

Os guarda-corpos de vidro trazem uma gama de opções maior. O preenchimento de todo vão com vidro também traz mais segurança. 

 

Proteção extra

A norma recomenda vidro laminado para guarda-corpos de vidro. Porém, caso a instalação necessite de uma segurança extra, uma possibilidade ainda mais eficaz é o vidro temperado laminado. Este material une as características dos dois tipos de vidro. 

 

Ferragens adequadas 

O material para as ferragens e acessórios de um guarda-corpo mais indicado é o aço inox. Isso porque este metal é mais resistente, tanto mecanicamente como quimicamente. Sua resistência à corrosão faz com que seja o material ideal para guarda-corpos instalados em áreas externas e em regiões litorâneas. 

 

Vidros decorativos 

Além da função de proteger, o guarda-corpo também pode ser um elemento decorativo. O mercado oferece uma grande variedade de perfis e barras para instalação de guarda-corpo. A diversidade de tipos de vidro também contribui. 

 

Uma alternativa para diferenciar projetos são os vidros coloridos ou vidros decorativos, como os vidros impressos, com texturas diversas, ou os vidros com impressão digital, que permitem reproduzir imagens, fotos, texturas e materiais como pedra e madeira. 

 

O vidro laminado é composto por duas chapas de vidro intercaladas por um interlayer. Nessa composição podem ser aplicados vidros decorativos em uma das faces para criar o efeito desejado. 

 

Proteção transparente

Ao invés de ressaltar o vidro com cores e estampas, podem ser feitos guarda-corpos praticamente invisíveis. Isso porque, aliado à transparência do vidro, há no mercado perfis com design mais clean e que ficam embutidos de forma bastante discreta, interferindo minimamente no visual. 

 

Em suma, há diferentes tipos de ferragens e vidros possibilitando uma diversificação de modelos de guarda-corpo. Cada um deles deve se adequar às necessidades de segurança do projeto e dos objetivos estéticos e desejos do cliente. Todos estes elementos devem ser considerados na hora de escolher o modelo de guarda-corpo ideal. 

 
 

Deixe seu comentário