Seção

Arquitetura e Vidro

Vidros invadem projetos de arquitetura

A aplicação de vidros foi fundamental para garantir transparência e conforto térmico dos ambientes das novas estações da Linha Amarela do Metrô, em São Paulo, da Torre Aquarela, no Uruguai e da Biblioteca John Spoor Broome, na Califórnia.

26/03/1949

No projeto da Biblioteca Broome, foram utilizados vidros insulados Low-e no fechamento e nas janelas externas, além de vidros insulados laminados Low-e no fechamento horizontal exterior. No sistema de fachada, portas de vidro e nos guarda-corpos, for

 

A biblioteca John Spoor Broome está localizada no 23º Campus da Universidade do Estado da Califórnia, em Camarrillo, que foi construído no terreno do antigo Hospital do Estado da Califórnia. O projeto da biblioteca envolveu a demolição do edifício da administração anterior e a alteração do centro de recebimento e tratamento.

 


O escopo previa um prédio que se tornaria uma encruzilhada dinâmica para alunos, professores e membros da comunidade que procuram a investigação, estudo e exploração do conhecimento. Ergue-se como uma fonte de orgulho da comunidade. O campus reconheceu o equilíbrio entre a preservação dos edifícios históricos existentes, prevendo as necessidades funcionais de uma biblioteca acadêmica contemporânea.

 


Notável por sua coleção de estruturas coloniais espanholas construídas entre 1930 e 1950, o antigo hospital é composto de dois e três pisos, organizados em torno de uma série de oito pátios ao ar livre. A remoção seletiva das asas do hospital central fundiu quatro dos pátios em um único local para a nova biblioteca. 7

A transparência do edifício apresenta as pilhas de livros, enquanto no interior mais profundo, a parede exterior da antiga estrutura torna-se visível como pano de fundo para as pilhas da nova biblioteca.

 


Caracterizado por um sentido de luz e transparência, há um jogo dinâmico de luz natural em toda a biblioteca de dois andares. A proeminente cobertura do telhado responde tanto aos aspectos funcionais quanto aos requisitos simbólicos.

 

É o elemento primordial na ligação entre a biblioteca e o restante do campus e fornece uma declaração unificada de arquitetura. Projetada com uma construção de aço treliçado suportada em colunas ocas circulares de aço é fundamental como um dispositivo ambiental de controle eficaz do sol. A cobertura lança sombras em toda a praça de entrada que mudam todo o dia.

Os painéis vitrificados do telhado e as janelas elevadas inundam o interior com a luz natural e um espaço central com pé-direito duplo fornece um foco social dramático.

Deixe seu comentário