Seção

Feiras e Eventos

Vidreiros reunidos

No Simpovidro, setor avalia aspectos marcantes dos últimos dois anos e traça diretrizes conjuntas para o próximo biênio

23/07/2016

Diretores e presidentes das fabricantes que formam a base da indústria vidreira nacional refletiram sobre os rumos do setor em 2014

Com número recorde de participantes, a 11a edição do Simpovidro reuniu o setor vidreiro nacional para uma maratona de palestras, seminários, shows e outras atrações dedicadas ao lazer, à interatividade e à divulgação de produtos de toda a cadeia vidreira. Considerado o maior encontro do setor em âmbito nacional, o evento foi realizado no Hotel Iberostar Praia do Forte, na Bahia, entre os dias 20 a 24 de novembro passado. 

 

Evento bienal organizado pela Abravidro – Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidro Plano –, o Simpovidro 2013 foi considerado um grande sucesso, especialmente pelo número de participantes, que superou 900 pessoas vindas de todas as partes do Brasil. “É sempre uma oportunidade única de testemunharmos a unidade da cadeia vidreira no Brasil e também de traçarmos juntos as diretrizes para os meses que virão”, afirma a superintendente da Abravidro Celina Araújo, responsável pela coordenação do evento. 

 

A proposta central do simpósio foi promover uma grande confraternização entre profissionais ligados ao setor vidreiro em todas as suas segmentações, aliando atualização sobre o mercado, networking e lazer. Representantes de 229 empresas vindos de mais de 10 países e de todos os Estados brasileiros, além do Distrito Federal, estiveram reunidos para assistir à programação especial de palestras técnicas de fabricantes, além de convidados especiais como o ex-presidente do Banco Central do Brasil Gustavo Loyola; a jornalista Cristiane Correa, autora do best seller Sonho Grande; o jornalista e cineasta Arnaldo Jabor; o especialista em mundo virtual Gil Giardelli; e o renomado publicitário  Washington Olivetto

Jornalista e cineasta Arnaldo Jabor.

 

Entre as atrações especiais, estiveram o humorista Murilo Gun e uma das maiores intérpretes da música popular brasileira, a cantora paraibana Elba Ramalho, cujo show aconteceu no encerramento do Simpovidro. 

 

Patrocinado pelas empresas AGC, Cebrace, Guardian, Saint-Gobain Glass, União Brasileira de Vidros (UBV) e Vivix, o Simpovidro 2013 também contou com o apoio das empresas Abrasipa, Alclean, Alpex, Belga Metal, Bottero, Diamanfer, Eastman, Glaston, Gusmão Representações, Keraglass, Lisec, Molas Marix, Sglass, Tecbril, Tec-Vidro, Terra de Santa Cruz Vidros, TK srl (Grupo Satinal S.p.A.), Vetro Máquinas, Vidros do Brasil (VB) e VipDoor Solution, bem como do Instituto Falcão Bauer da Qualidade, do software Glass Control (da SF Informática) e da organização da Glass South America – Feira Internacional de Tecnologia e Design em Vidro.

 

 

Base reunida

 

Em suas palavras de abertura do evento, o presidente da entidade vidreira Alexandre Pestana fez uma análise da atual situação do mercado, apontando para os principais pontos que preocupam processadores e distribuidores de vidros planos no Brasil. “A chegada de dois novos players assinala um momento histórico marcado por contradições que representam impactos variados na dinâmica dos negócios”, disse o presidente. “Apesar de um crescimento de mercado estimado em 7% em 2013, a quantidade de vidro importado que entra no País ainda cresce a passos largos. Os investimentos por parte dos fabricantes estão acontecendo, mas precisamos de mais. Importar vidros deveria ser uma opção das empresas, não uma necessidade”, frisou Pestana. 

 

Alexandre Pestana, presidente da Abravidro.

A cerimônia que abriu o evento também foi marcada por intervenções de representantes de todas as fabricantes do segmento presentes no País. Paulo Drummond, presidente da recém-chegada Vivix, chamou a atenção para a decisão da fabricante de aumentar a capacidade produtiva de sua unidade em Goiana (PE), que teve seu forno aceso em janeiro. “A convocação para que haja mais investimentos é embasada, e nós estamos comprometidos com isso desde o início”, disse Drummond. 

 

 

Representando a Guardian, o diretor nacional de vendas Marcelo Botrel reforçou a importância de concentrar o foco no desenvolvimento de produtos de valor agregado. “O mercado está em constante mudança, e as empresas devem estar preparadas para elas, adaptando-se às novas necessidades que surgem”, salientou o diretor, lembrando o recente investimento de U$ 14 milhões da fabricante em uma nova unidade de espelhos jumbo em Tatuí, com previsão de iniciar suas operações em junho deste ano. O gerente Luiz Fernando Tirone falou em nome da Saint-Gobain Glass, destacando a importância do ano de 2013 para o segmento de vidros impressos. “Foi um ano repleto de ações em prol do desenvolvimento desse mercado”, disse ele. 

 

 

A UBV foi representada por seu presidente Sérgio Minerbo, que expôs as grandes transformações e principais ações da empresa ao longo dos últimos dois anos, focadas em novos pontos de venda, promoção de produtos e novos canais de comunicação. Davide Cappellino, presidente e CEO da estreante AGC, aproveitou a ocasião para transmitir dados sobre a planta em Guaratinguetá, que iniciou sua produção no final do ano passado e já opera com 90% de sua capacidade. 

 

Simpovidro 2014.

 

Em nome da Cebrace, os diretores Leopoldo Castiella e Renato Holzheim falaram sobre a importância do ano de 2014 para a fabricante, que completa 40 anos de mercado. “Este será o ano em que toda nossa capacidade instalada estará em produção”, afirmou Castiella. Os executivos também deram destaque aos últimos investimentos da empresa, entre eles o novo coater em Jacareí, no interior de São Paulo, oficialmente inaugurado em meados do ano passado. 

 

 

Deixe seu comentário