Seção

Feiras e Eventos

Sustentabilidade na Casa Cor Santa Catarina

Vidros marcam presença no maior evento de arquitetura e decoração, recebendo papel de destaque em muitos ambientes

21/12/2016

A Casa Cor, maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas, esteve, nos últimos meses, em Santa Catarina. A 20ª edição do evento na cidade trouxe, de 25 de outubro a 4 de dezembro, influências da cultura nômade e processos construtivos mais sustentáveis. Neste contexto, o vidro teve papel fundamental, especialmente os de controle solar apresentados pela Habitat. Capazes de barrar até 70% do calor e 100% dos raios UV, eles diminuem a necessidade de luz artificial e de ar-condicionado, gerando uma economia na conta de energia que pode chegar a 30%.

Além dos benefícios funcionais, a estética é um dos diferenciais da linha Habitat. O vidro Habitat Refletivo Champanhe, por exemplo, adequou-se perfeitamente na Brinquedoteca, espaço assinado pelas arquitetas Natália Arruda e Maynara Mariano. A proposta do local altamente sofisticado pelo aspecto refletivo que a aplicação do vidro em suas janelas proporcionou, foi destacar a simplicidade dos brinquedos analógicos e suas possibilidades para o desenvolvimento das habilidades visuais da criança. 

No Espaço Corporativo, também assinado pela dupla de arquitetas, o objetivo foi criar um contêiner para ser transportado em diversas localidades e auxiliar empresas na mostra de produtos. Dessa maneira, o Habitat Refletivo Champanhe entra como protagonista para oferecer sofisticação em sua fachada envidraçada.
A Bilheteria, assinada pela arquiteta Juliana Jagelski, também usou a elegância do Habitat Refletivo Champanhe em sua área envidraçada, combinando com as estruturas de madeira do ambiente externo e oferecendo privacidade, devido ao seu aspecto sutilmente espelhado do vidro.

Já o Pub Confraria do Chopp Honesto, dos arquitetos Ricardo Fonseca, Mário Pinheiro, Beto Gebara, Luiz Fernando Zanoni e André Lima, é formado por quatro contêineres e traz a aplicação do Habitat Refletivo Cinza em suas janelas. Por ser um vidro de tonalidade escura e espelhado, o resultado é uma alta privacidade e mais modernidade para o Pub CCH. As texturas diversas e decoração rústica resultaram em uma atmosfera de total descontração para o espaço.

No Café da Casa, das arquitetas Caroline Porto e Isadora Maestri, a transparência do Habitat Neutro Incolor nas portas do espaço ressaltaram a decoração feita com metais acobreados, remetendo à atmosfera do período neocolonial.

O vidro Habitat Neutro Incolor também dialogou com o interior e exterior do Restô Bar, assinado pelos Karoline Bernardo e Sidnei Machado.  As janelas envidraçadas integraram os ambientes da casa, que seriam a sala interna e o restaurante criado no quintal. 

Para expor o modelo de carro Guster Oroch, da Renault, os arquitetos Marchetti Bonetti, Tais Adriana Marchetti Bonetti e Giovani Bonetti criaram o espaço Cabana Renault. O Habitat Neutro Incolor foi aplicado no envidraçamento que permite a visualização do automóvel, agregando na proposta de uma habitação compacta, o que reflete identidade aventureira e criativa do veículo.

Por fim, o Habitat Refletivo Verde foi aplicado no Lounge Jota Jota. As portas envidraçadas com aspecto refletivo assinadas pelas arquitetas Caroline Mocelin e Patrícia Moschen trouxeram mais privacidade para o ambiente do contêiner. A estética do vidro também combinou com a decoração composta por instalação dos tubos, conexões hidráulicas, fios elétricos e bobinas de fio, elementos que foram expostos de forma diferente, criando uma identidade urbana para o Lounge. 

 

Deixe seu comentário