Seção

Empresas e Negócios

Rumo a novos mercados

Consolidada no segmento nacional de rebolos de polimento, Arbax mira expansão de fronteiras

13/11/2012

Linha de rebolos contempla todos os processos de polimento do vidro e pode ser usada nas mais diversas máquinas

Referência nacional no polimento de vidros, a fabricante de rebolos Arbax vislumbra horizontes mais amplos. No mercado desde 1976, a empresa, que iniciou suas atividades como fornecedora de discos de corte, sedimentou sua estratégia de crescimento com base em investimentos constantes em infraestrutura, equipamentos de alta tecnologia, pesquisa e desenvolvimento de produtos, técnicas de produção e capacitação de colaboradores. Com isso, conquistou posição de destaque no segmento nacional de abrasivos e hoje se volta para uma penetração maior em outros mercados.
A estratégia incluiu, entre outras ações, a participação com um estande exclusivo na China Glass Expo 2013, evento direcionado à indústria vidreira mundial realizado em maio, na cidade de Pequim. É a primeira participação de um expositor verde-amarelo no evento, que já se encontra em sua 27a edição.  “Queremos aumentar as exportações de nossos rebolos copo, copo de óxido de cério e periféricos, e a China Glass, como principal feira internacional do setor na Ásia, foi uma ótima oportunidade para avançarmos no planejamento de mercado para os próximos anos”, afirma um dos diretores da empresa, Flávio Donizette Sirotto. “Apostamos também em um aumento da visibilidade de nossa marca e da qualidade de nossos produtos.” 
Segundo o diretor, foi a partir do ano 2000, quando adquirida pelo empresário Francisco Sirotto, que a Arbax embarcou em um movimento sem volta rumo à expansão de seus negócios e de suas fronteiras de atuação. O empresário tirou partido de sua experiência e profundo conhecimento do mercado de abrasivos para identificar novas oportunidades, transferindo o core business da empresa de discos de corte para o segmento de rebolos de polimento. A partir daí a Arbax encontrou a brecha para deslanchar em seu segmento. “Hoje, após 36 anos de atuação, temos nossos produtos distribuídos em todo o território nacional e em países da América do Sul, além de Estados Unidos, Itália e China”, informa Flávio Sirotto, filho de Francisco, que atualmente dirige a empresa ao lado do irmão, Fúlvio.
De 2000 para cá, uma trajetória marcada por decisões acertadas definiu o sucesso da Arbax no segmento de rebolos. Os primeiros rebolos de polimento da Arbax, lembra Flávio, eram produzidos de forma artesanal, em uma época em que a fábrica, pela capacidade restrita, dava conta de atender apenas algumas pequenas empresas. Atenta ao constante aumento da demanda, a fabricante iniciou os primeiros investimentos em tecnologia, maquinário e desenvolvimento de seus profissionais. O objetivo central passou a ser acompanhar o ritmo acelerado do mercado e ampliar a capacidade de fornecimento. “Focados nessa estratégia, fomos a primeira empresa do mercado de rebolos de polimento a desenvolver moldes e ferramentas específicas, além de termos sido pioneiros na queima automática de rebolos e na incorporação de máquinas CNC de acabamento e balanceadoras, equipamentos que garantem qualidade e melhor rendimento dos rebolos”, comenta Fulvio Sirotto.
Segundo ele, um objetivo primordial da Arbax desde sua aquisição pela família tem sido o de atender seus clientes de forma personalizada, treinando e capacitando seus representantes para seguir essa premissa. “Nossa meta é oferecer atendimento e soluções sob medida. Mais do que fornecedores, queremos ser parceiros de nossos clientes. Exemplo disso foi o desenvolvimento dos rebolos de polimento para as máquinas Forvet e Benteller, especialmente produzidos para alguns clientes como Viminas, Temper Vidros, Vitral, Divinal Vidros  e TTR Vidros, entre outras têmperas.”
“O mercado não para de crescer e nós temos que estar sempre à frente para apoiar nossos clientes” afirma Flávio Donizette, referindo-se aos novos produtos que a Arbax vem incorporando ao seu portfólio, composto, principalmente, por rebolos de polimento e óxido de cério, além de discos e cintas de lixa, cortadores manuais de vidro e molas hidráulicas de piso.
Em 2011 e 2012, os rebolos de polimento da Arbax receberam o Prêmio Destaque do Ano da Anavidro/SP, conquista que a empresa espera repetir este ano.
Outro objetivo da Arbax para 2013 é dar continuidade à campanha “Mais Verde no Planeta Azul” que em fevereiro deste ano contou com a ajuda de todos os seus colaboradores para o plantio de 50 árvores em uma área desmatada em Santa Branca/SP. Faz parte da campanha a divulgação do “Rebolo Verde”, o primeiro rebolo sustentável do Brasil, que tem como diferencial um processo de fabricação que utiliza uma tecnologia inovadora e um sistema exclusivo de renovação de materiais, que reclassifica os resíduos da usinagem dos rebolos tradicionais, trata suas impurezas e os renova, transformando-os em matéria-prima limpa e de qualidade para a fabricação de novos rebolos. 

Deixe seu comentário