Seção

Mercado

Revolucionando o mercado de fachadas

A Alclean desenvolveu um sistema de instalação de pele de vidro composto por três kits que proporcionarão, em uma proposta pioneira, maior facilidade de acesso aos componentes necessários para aplicações em obras de até 15 metros de altura

12/07/2016

Tendência no mercado da construção, as fachadas pele de vidro, conhecidas também como estrutura Glazing, aceleram a execução da obra, permitem maior propagação da luz e trazem modernidade aos edifícios. Entretanto, não é um ramo aberto a todos, visto que a venda dos elementos necessários a sua instalação é controlada e obedece a normas que exigem acompanhamento direto dos fabricantes, testes preliminares dos perfis e vendas nas quantidades exatas. Para facilitar este acesso, a Alclean desenvolveu um sistema que inclui três kits, estabelecendo assim medidas padrão e mantendo a adaptabilidade para diferentes tipos de paginação. 


O Sistema Glazing é composto pelo Kit Coluna, que vem com tudo o que o vidraceiro precisa para fazer a estrutura da obra; o Kit Quadro, onde os vidros são colados, e pelo Kit Acabamento, que fecha a fresta que fica entre o vidro e a frente de laje. Os três kits já possuem tudo o que o vidraceiro irá possivelmente precisar. Os acessórios são parecidos com os que são usados hoje, com a única diferença de serem vendidos juntos com os alumínios. Esse sistema foi desenvolvido para instalações de até 15 metros de altura, e seus componentes são dimensionados para este tamanho de estrutura.  

 

Viabilidade para pequenas obras

 

Para viabilizar a ideia, a empresa criou uma rede de empresas denominada Rede Credenciada Alclean, que tem o propósito básico de proporcionar acesso aos vidraceiros dos produtos desenvolvidos pela Alclean, ADERE e SIKA. O modelo inovador permite materiais a pronta entrega em locais distantes das grandes capitais. A empresa é pioneira tanto na apresentação do produto em forma de kits, quanto no desenvolvimento de um modelo de negócios inovador, que tem potencial de expansão a outros produtos do mercado vidreiro. “Durante o processo de estudo do produto, percebemos que a praticidade dos kits resolveria apenas uma das barreiras de acesso dos vidraceiros a pequenas obras, que era a dificuldade da compra de componentes, como borrachas, ancoragens, etc”, conta o proprietário da Alclean.


Ele descreve o seguinte cenário para ilustrar as dificuldades: “Imagine um vidraceiro no Maranhão, que decide executar uma obra Glazing de 50 metros quadrados, que pode representar faturamento de R$50mil para a sua vidraçaria. Só que para executar essa obra ele necessita de diferentes perfis, que se usados na quantidade exata representariam cerca de 400kg de alumínio. A primeira dificuldade será comprar essa quantidade exata da matéria-prima, pois as extrusoras exigem quantidades mínimas de cada item”. 


O empresário explica que, caso ultrapasse essa primeira barreira, passará ainda pelo desafio de conseguir comprar os componentes. “Só de borracha, por exemplo, a necessidade será de cerca de 250 metros, o que não atinge o faturamento mínimo da fábrica. Mesmo que ele obtenha sucesso, terá que comprar a fita VHB. Para isso terá que enviar, acompanhado do projeto, uma amostra do substrato, que é o perfil de alumínio. Se aprovado em um teste que leva cerca de 30 dias, a fita será vendida na quantidade exata. Depois que ela chegar, o vidraceiro deverá aguardar a disponibilidade de um fiscal da empresa produtora da fita, que deverá acompanhar a colagem dos 10 primeiros quadros. Pense no custo disso. Para a empresa de fitas, 50 m² de vidro simplesmente não interessa. E isto inviabiliza uma obra de R$50mil”, descreve. 

 

Na Rede Credenciada, todos os insumos e materiais necessários para uma fachada Glazing serão vendidos nas quantidades necessárias e na pronta entrega, permitindo a acesso dos vidraceiros às pequenas obras sem grandes dores de cabeça como no cenário descrito acima. “Fizemos pesquisas e a demanda desse nicho é enorme, pois as poucas empresas que conseguem romper estas barreiras acabam por se dedicar a obras maiores, e simplesmente dispensam obras menores por inviabilidade”, sublinha.

 

Lançamento na Glass South America

 

O objetivo pretendido com esse projeto – que já existia há oito anos no papel mas era inviável economicamente para a empresa – é atender pequenas obras e o público que se dispõe a utilizar os componentes corretos, nos procedimentos determinados pela rede, com as ferramentas certas. O investimento da empresa já é superior a R$1 milhão se considerar a constituição de estoque inicial, que é necessário para atendimento na pronta entrega. “A aceitação tem sido imediata e as empresas estão aderindo massivamente à Rede. Diariamente clientes insistem em comprar o produto antes da Glass South America, quando as vendas terão início. O retorno do investimento já deve ocorrer dentro de um ano”, calcula o empreendedor.

 

Cursos ensinarão instalação

 

“Acreditamos que nossos produtos devem ser para todos, desde que sigam corretamente nossas orientações, e estejam habilitados. Entendemos que se o vidraceiro for ensinável, poderá trabalhar com o sistema”, pontua Koloszuk. Ele explica que a instalação é relativamente simples, mas exige que o vidraceiro atente-se ao primo, nível, fixação correta e vedação. Para conseguir viabilizar o lançamento do produto dentro dos acordos necessários, a Alclean agrupou em torno deste projeto os melhores professores e desenvolveram plataforma de avaliação, emissão e rastreamento das habilitações. “Nossa equipe está preparada para ministrar mais de 100 cursos ainda este ano. Criamos um conteúdo mínimo e obrigatório”, completa. 

Deixe seu comentário