Seção

Arte em Vidro

Pastilhas refinadas

O mosaico “Carnaval em Veneza” teve como ponto de partida o fascínio pelas máscaras e seus mistérios. Com o projeto e os traços definidos, foram escolhidas pastilhas de vidro para formar o desenho.

09/10/2013

“O caminho das tesselas (peças de mosaico) permite despertar sentimentos por meio de cores, que transformam cacos em formas”.

 

Os primeiros passos para que uma produção em mosaico garanta movimento, leveza e exclusividade são o projeto e a escolha do material. O caminho das tesselas (peças de mosaico) permite transmitir e despertar sentimentos por meio de cores que transformam pequenos cacos em formas que brincam com a imaginação. No painel Carnaval em Veneza, o ponto de partida foi o fascínio pelas máscaras e seus mistérios. Há relatos de que, no século XI, os venezianos chegavam a festejar mascarados seis meses por ano.

 

A elite, finamente vestida, andava em meio ao povo exibindo suas valiosas máscaras. As festas, porém, fugiram ao controle das autoridades e diversos abusos,
cometidos por todas as classes, ficaram escondidos pelas máscaras. 

 

No século XVII, o uso das fantasias chegou a ser proibido, mas o fascínio manteve a tradição que, no século XX, ganhou força para se transformar no fenômeno turístico que continua no século XXI.

 

 

O tema deste mosaico seria Carnaval em Veneza, mas como representar uma tradição de séculos? Com projeto e traços definidos era preciso escolher um material que transmitisse o luxo e o que há por trás das máscaras.

 

 O Vidrotil, pastilha em vidro que, desde 1947, destaca-se no mercado brasileiro pelo corte artesanal, foi o material escolhido pela irreverência de suas formas e brilho que o vidro oferece. Está nas cores da máscara e no fundo preto que destaca o centro. As serpentinas, características nas festas da carne, exigiam muito movimento. O esmalte foi o material utilizado por suas nuances variadas.

 

O ouro, constante nas máscaras venezianas, está no contorno de toda a peça. As tesselas mínimas exigiram o uso de pinças para instalação. Vale destacar que as pastilhas em ouro utilizadas no painel são fabricadas pela Atlas, empresa que também é brasileira, e oferecem ao mosaico grande luminosidade de todos os ângulos.

Deixe seu comentário