Seção

Mercado

Padronização de processos e certificações

Érico Miguel, Diretor de Planejamento da Ideia Glass

02/05/2018

A correria do dia a dia e o desenvolvimento acelerado das empresas muitas vezes fazem o gestor esquecer de cuidar dos processos internos corporativos. Mas, muitas vezes, o erro pode custar caro. Uma das melhores formas de evitar problemas futuros é manter os processos de trabalho de forma unificada. Seja por desenho de processos com a equipe ou certificações de ISO, é muito importante se manter atento.

 

Engana-se quem pensa que ser certificado pela norma ISO 9001 e passar por todo o processo de adequação é mero capricho ou algo dispensável. Esta visão é ultrapassada, e, quando uma empresa investe na padronização de seus produtos e processos, ela está investindo em qualidade, em conformidade, e isso é extremamente importante para a saúde dos seus negócios, independentemente do seu ramo de atuação, setor ou tamanho.

 

Num processo de certificação, o foco das ações se concentra na satisfação do cliente ou usuário do produto/ serviço de uma companhia. A implantação da ISO 9001 representa a construção de uma nova cultura organizacional, que envolve a direção, os funcionários, fornecedores e os parceiros.

 

Há ainda outros benefícios legais da certificação ISO 9001, por meio do cumprimento de regulamentos, de legislações e de toda e qualquer exigência de caráter normativo. A gestão de qualidade também eleva os níveis de produtividade da empresa e a maior eficiência operacional reduz as falhas, elimina o retrabalho, acaba com o desperdício e dá agilidade à produção.   Portanto, processos bem estruturados aproximam cada vez mais as empresas deste tipo de certificação e garantem uma qualidade melhor nos produtos.

 

Deixe seu comentário