Seção

Produtos

Nova mola para piso

A Meron MHP500 passou por um rigoroso sistema de produção e teste de qualidade que resultaram em um produto leve e compacto, mas com alta durabilidade e resistência, o que reflete na baixa manutenção das instalações

19/09/2017

Mola para piso não é tudo igual e a Meron comprova isso em seu lançamento, a mola hidráulica de piso Meron MHP500. Com fabricação 100% nacional, o novo modelo utilizou materiais que aumentam ainda mais a durabilidade e resistência, proporcionando menor nível de porosidade e oxidação, o que reflete na baixa manutenção das instalações. Ou seja, o que já era bom ficou ainda melhor. A mola oferece maior qualidade e eficiência, tanto que a empresa oferece garantia de funcionamento, trocas e reparos.


O produto é resultado de um upgrade no modelo já consagrado no mercado MHP300, que sairá de linha quando terminaram os estoques. A mola hidráulica de piso Meron MHP500 possui fácil regulagem, mais simples e com mais amplitude, além de ser leve e compacta, ajudando no carregamento e manuseio. 
E mesmo com todas as melhorias, inovações e tempo empenhado no desenvolvimento do novo produto, a empresa baixou os preços para proporcionar mais acessibilidade. “O lançamento da mola nova é de grande importância para nós a níveis financeiros, econômicos e do ponto de vista produtivo seremos mais eficientes com este produto”, avalia Marco Gabrielli Filho, responsável pelo setor de vendas e marketing da Meron.

 

Especialista em molas hidráulicas

Há 30 anos no mercado de molas, a Meron iniciou atuando também com a estamparia da linha branca (eletrodomésticos), como Ferramentaria São Domingos, e 15 atrás se especializou em molas hidráulicas. Hoje a empresa fabrica três modelos: MHP300, MHG e MHP500, com variação dos pinos 1000, 2000 e 3000, e potência maior ou menor e sem trava. O estoque é reposto todos os dias.


Em busca de constante aumento de produtividade e qualidade, o sistema de produção se assemelha ao processo de produção ‘empurrado’ que não trabalha em cima da demanda, e sim de uma meta diária de produção”.  Essa dedicação rendeu à empresa reconhecimentos como o Prêmio Destaque Anavidro 2013, 2015 e 2016, na categoria ‘Molas para Portas’, na colocação bronze nos três anos. 


A Meron comercializa para distribuidores, com algumas exceções, como distribuidores próximos à vidraçaria ou construtora, ou um caso atípico de uma demanda em maior quantidade, com preço diferenciado da distribuição. Para acertar na escolha da mola certa para as instalações de porta de vidro, Marco Gabrielli recomenda aos vidraceiros levarem em conta a qualidade do produto, a garantia, o atendimento rápido da empresa, a procedência do material, valor e peso do produto. 

 

Rigoroso teste de qualidade

Com 100% da linha de fabricação própria, a Meron só utiliza matéria-prima de origem nacional e de qualidade garantida, adquirida de fornecedores confiáveis. “Inicialmente nossa matéria-prima passa por um processo de controle e só é liberada caso ela alcance os pré-requisitos de qualidade”, conta Marco Gabrielli Filho.
Sobre o processo de desenvolvimento de uma nova mola, o especialista revela: “Após muitas horas analisando medidas, desenhando e redesenhando o produto no Top Solid, fazemos um protótipo no próprio software e protótipos físicos vão sendo feitos até que alcancem todos os pré-requisitos. Após a mola estar pronta, ela passa por testes de funcionamento, uma a uma, manualmente”.


Antes da mola Meron MHP500 ir a público ela ficou em uma máquina que simula o movimento de abertura e fechamento da porta por 6 meses durante 24 horas. O produto passou por mais de 500.000 ciclos e, mesmo após esse procedimento, não foram encontrados desgastes excessivos em nenhum dos componentes. 
Inicialmente o novo produto é vendido para clientes específicos durante meses antes do lançamento oficial para avaliarem o funcionamento da mola na prática, e a empresa oferece total respaldo para os clientes que participam desta “fase experimental”. Todo feedback é levado em conta com o intuito de melhorar a qualidade e desempenho do produto, e aumentar a satisfação dos clientes. 

 

 

 

Deixe seu comentário