Seção

Empresas e Negócios

Negócio inovador

Mais que comercializar peças e acessórios para vidraceiros, o objetivo da Brasil Glass Rio é oferecer ao cliente todo aparato técnico dos produtos e sua correta utilização

19/08/2016

Um centro estruturado com tudo aquilo que um vidraceiro precisa. Essa foi a ideia de Sérgio Martins, diretor da Brasil Glass Rio, que, desde o início do projeto, tinha em mente realizar algo mais grandioso do que uma simples loja de acessórios para vidro. Angariando parcerias e buscando colaboradores que acreditassem em sua proposta, percebeu que, com todo diferencial que oferecia, abria largos caminhos para garantir o sucesso em curto prazo. O modelo foi tão precisamente implementado que, após dois anos, a empresa continua crescendo e aumentando seus serviços para o setor vidreiro. 

 


Claro que uma grande ideia só pode ser bem executada no tempo e na maneira certos. Infelizmente, não foi bem assim que aconteceu. O empreendedor conta que no início algumas intempéries foram enormes barreiras. A associação a uma franquia causou inércia na execução do projeto. “A Brasil Glass Rio surgiu quando sonhamos montar uma loja voltada para peças e acessórios que trouxessem novas ideias e conceitos. Que fosse uma opção nova para os vidraceiros e que isso estivesse agregada à formação, informação, união com fábricas, cursos e palestras. Então nos unimos a uma franquia e começamos a atuar. Após uns sete meses, percebemos que o projeto de franquia não permitia um futuro brilhante, pois estava mal estruturado. Quebramos o contrato e cancelamos toda relação com o franqueador”, explica.

 

Mais que uma venda

 

Após a reestruturação, a empresa passou a agregar os diversos serviços sonhados até então. Na Brasil Glass Rio, o vidraceiro encontra não apenas as peças e acessórios para sua obra, mas também conta com todo aparato técnico e detalhado sobre produtos e sua correta utilização, a partir de catálogos e assessoria. “Somos uma empresa de liderança independente. Queríamos algo com diferenciais, uma ligação mais próxima com o vidraceiro, que ele tivesse um bom preparo, pudesse retornar quantas vezes quisesse e tirar dúvidas”, explica Sérgio Martins. Uma dessas parcerias funciona da seguinte maneira: Se o profissional vidreiro tiver uma reunião com engenheiro, por exemplo, a Brasil Glass Rio oferece gratuitamente consultoria para orientação, com a presença de um técnico que acompanha a equipe da vidraçaria. 

 


Além de ser exclusiva com este tipo de trabalho, a empresa também trabalha com um quadro reduzido de 10 funcionários sem perder a qualidade. Com marca própria, a Brasil Glass Rio tem parcerias importantes com empresas como a Alclean, Soprano, Ideia Glass, Q Railing, Fisher, entre outras. Mesmo sendo jovem, possui estrutura suficiente para fornecer conhecimento aos vidraceiros. É por isso que há uma agenda completa de cursos que atendem às necessidades do setor. Um deles, inclusive, é o curso do Sistema Glazing da Alclean, recém-lançado. 

 

 “A Brasil Glass Rio surgiu quando sonhamos mon­tar uma loja voltada para peças e acessórios que trouxessem novas ideias e conceitos. Que tivesse uma opção nova para os vidraceiros e que isso fos­se agregado à formação, informação, união com fábricas, cursos e palestras” - Sérgio Martins, diretor da Brasil Glass Rio

 

 

Expansão 

 

Sempre pensando à frente, Sérgio Martins revela que a empresa realiza pesquisas de mercado para ver quais são as evidências do momento no setor. Além disso, fazem também visitas aos escritórios de arquitetura semanalmente para apresentação de novos produtos, bem como para oferecer as parcerias que a Brasil Glass Rio já possui com outras empresas. Além de se dedicar à parte externa, a interna jamais é esquecida. É por isso que treinamentos com a equipe interna são realizados periodicamente. Para que tudo isso aconteça, o ambiente de trabalho precisa ser extremamente estruturado, pronto para os atendimentos consultivos, ministração de cursos e exposição de produtos.

 


“O mercado é carente deste tipo de iniciativa. Há uma necessidade de profissionalizar o vidraceiro, oferecendo novos canais para melhorar o relacionamento com estes e outros mercados, como o da arquitetura”, - Sérgio Martins, diretor da Brasil Glass Rio

 

Para o empresário, o Brasil oferece ótimas oportunidades de crescimento, mesmo que, infelizmente, o país tenha passado por uma retração econômica. “Estamos lidando com isso de forma criativa, sempre buscando mostrar que não podemos nos entregar. Tem que se permitir, se atualizar, encontrar outros profissionais e gerar discussões, participar de reuniões, congressos, simpósios para descobrir novas metodologias e fórmulas para aplicar no trabalho. O vidraceiro tem que sair de dentro do casulo, pois só dentro da empresa acaba restringindo a visão e se bloqueando”, finaliza. 

 

 

Próximos cursos: 
 
16/08 – Montagem de boxes Ideia Glass – 09h às 17h
25/08 – Sistema de Fixação – 08:30h às 12:30h
14, 15 e 16/09 – Sistema Glazing – 09h às 18h
17/10 – Curso de Guarda-corpo e Corrimão, com técnicas de ancoragem e especificações segundo normas técnicas – 09h às 18h

Local: Centro de formação Brasil Glass Rio
Avenida Guilherme Maxwell, 480 - Bonsucesso – RJ
Contatos (21) 3445-0400 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário