Seção

Vidro e Design

Jogo de cores: edifício Cosmovitral no México

O trabalho utiliza aproximadamente 75 tons de suporte metálico, 45 toneladas de vidro soprado e 25 toneladas de chumbo

30/06/2017

O trabalho utiliza aproximadamente 75 tons de suporte metálico, 45 toneladas de vidro soprado e 25 toneladas de chumbo

Localizado em Toluca, no México, Cosmovitral é um edifício que abriga um jardim botânico e funciona como um mural de vitrais. Originalmente construído em 1910, foi remodelado, em 1975, pelo artesão local Leopoldo Flores, que criou um mural feito em vitrais que circundaria o prédio nas janelas e teto.

Antes de executá-lo, o artista passou um ano estudando e desenvolvendo o conceito e trabalhando as questões de engenharia. Foram necessários reforços nas paredes para suportar o peso das janelas, que, juntamente com o teto, receberam cerca de 500.000 peças de vidro, que variam em tamanho de 15 a 45 cm.

Sessenta artesãos trabalharam durante por três anos, de 1978 a 1980, para compor os 71 módulos que cobrem uma área de cerca de 3.200 metros quadrados. O trabalho utiliza aproximadamente 75 tons de suporte metálico, 45 toneladas de vidro soprado e 25 toneladas de chumbo. Foram usadas 28 cores diferentes de vidro, a maioria proveniente da Itália, Alemanha, França, Bélgica, Japão, Canadá e Estados Unidos. 

Deixe seu comentário