Seção

Arquitetura e Vidro

Inserida na paisagem

Estruturada somente em madeira e vidro, residência no litoral norte de São Paulo em meio à mata atlântica se integra à paisagem com mínima interferência visual

14/09/2017

Toda a casa é estruturada em madeira e vidro, com a ausência de alvenaria, o que a torna literalmente mais leve

 

O objetivo deste projeto em Ubatuba, litoral norte paulista era respeitar ao máximo as condições naturais da área sem interferência na vegetação natural e integrar a residência à paisagem do local, cercado de mar e mata atlântica. O primeiro grande desafio foi adaptar a construção ao terreno íngreme. 

 

 

 

“Mexer com as características da geomorfologia do terreno estava fora de cogitação. Por conta disso, a casa apenas encosta no terreno sob 12 apoios de pilares de madeira sobre pequenas sapatas de concreto encravadas no terreno. Dessa forma, a interferência da arquitetura com o terreno é quase inexistente”, explica Silvio Sant’Anna, autor deste projeto com os arquitetos Ana Vidal e Gabriel Cesar Santos, da Vidal & Sant’Anna Arquitetura.

 

Toda a casa é estruturada em madeira e vidro, com a ausência de alvenaria, o que a torna literalmente mais leve, trazendo também segurança. A residência de 153 m2 pouco toca o chão, ocupando apenas 10% do terreno.

 

“A casa apenas encosta no terreno sob 12 apoios de pilares de madeira sobre pequenas sapatas de concreto encravadas no terreno. Dessa forma, a interferência da arquitetura com o terreno é quase inexistente”

- Silvio Sant’Anna, arquiteto

 

A sensação de leveza da construção é intensificada com a utilização de grandes painéis de vidro, o que ainda permitiu aproveitar toda a beleza natural do entorno. Foram aplicadas chapas de vidro comum cristal laminado de 6mm fixados na estrutura de madeira, que emoldura as vidraças. Assim, a casa se camufla no verde intacto à sua volta e se transforma em um refúgio perfeito para momentos de lazer.

 

 

Deixe seu comentário