Seção

Feiras e Eventos

Glass South America 2016

Feira reuniu empresas do setor vidreiro para apresentar as novidades tecnológicas, funcionais e inovadores associadas ao vidro

01/06/2016

 

 

A Glass South America, principal plataforma de negócios do setor vidreiro na América Latina, aconteceu entre 8 e 11 de junho, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. O evento apresentou as mais recentes novidades em aplicações de vidro, máquinas, equipamentos e acessórios através de 200 marcas nacionais e internacionais em exposição e recebeu cerca de 12 mil profissionais qualificados. “Entendemos que as feiras têm um valor estratégico ainda maior em períodos de turbulência econômica e, nesse cenário, a Glass South America proporciona oportunidades de desenvolvimento de negócios e troca de melhores práticas entre profissionais do mercado e também entre as empresas”, afirma a diretora-geral da NürnbergMesse Brasil, Ligia Amorim.  


Para a superintendente da Abravidro, Celina Araújo, a Glass South America deste ano teve uma função ainda mais estratégica, pois apresentou novas soluções a serem exploradas pelo mercado vidreiro neste atual momento de baixa atividade. “Chegou a hora de o consumidor final conhecer a fundo os benefícios adicionais que o vidro pode proporcionar, gerando maior rentabilidade para as empresas que tenham foco nos produtos especiais”. Em encontro com a imprensa, logo após a abertura oficial da feira, que reuniu executivos da organizadora NürnbergMesse, representantes da Abravidro e lideranças do setor, Celina ressaltou a importância da feira para os profissionais e fabricantes da área. “A Glass South America está há 20 anos alavancando o mercado vidreiro. Pela primeira vez tivemos uma queda no setor e a feira certamente irá contribuir para melhorar o nosso desempenho”.

 

 

Em paralelo à Glass South America ocorreu, pela primeira vez no Brasil, a R+T South America, evento internacional referência no mercado de persianas, portas/portões e proteção solar interna e externa. Em uma área de 1500 m² de exposição, reuniu expositores da Espanha, Itália, Polônia, Turquia, China, Holanda, Estados Unidos, entre outros. A feira já conta com edições na Austrália, Turquia, China e Alemanha e em 2015 comemorou sua 50º edição, recebendo 888 expositores e cerca de 60 mil visitantes. A indústria estrangeira também esteve presente no Pavilhão da Itália, uma das três potências mundiais do setor do vidro, dentro da própria Glass South America, que, independente do momento que o Brasil e o mundo enfrenta, não diminuíram seus investimentos no maior evento do setor na America Latina. Quinze empresas apresentaram, em estandes individuais, o que o país produz de mais moderno em tecnologia para a indústria do vidro plano. 


Além do Pavilhão Italiano, outras oito empresas daquele país participam do evento. Somadas, elas representam 16% do número total de expositores e 20% do total da área de exposição - 1.928m² dos 9.300m² de toda a feira. “A participação italiana na Glass South America foi estratégica para fomentar os negócios com o Brasil, principal parceiro das Américas Central e do Sul e um dos seis mais importantes do mundo”, diz Erica Di Gianvancarlo, diretora geral para o Brasil da Italian Trade Agency. “Os visitantes puderam   ser conferidos lançamentos para toda a cadeia de processamento de vidro plano, principalmente os que primam pela sustentabilidade com menor consumo energético e que propõem soluções eficientes e de alta produtividade”, conclui Erica Di Giovancarlo, diretora do ITA para o Brasil.

 

Vidro em ação

 

A feira também contou com um espaço de interatividade e demonstrações chamado Vidro em Ação, onde os visitantes puderam conferir, de hora em hora, ensaios sobre choque mecânico e fragmentação no vidro temperado, classificação do vidro de segurança e testes em cabines acústicas com o objetivo de demonstrar o desempenho do material e os impactos na qualidade de vida das pessoas, oferecendo experiências sensoriais ao público e interatividade com o vidro. Tudo feito ao vivo, num laboratório montado dentro da feira, exatamente como determinam as normas da ABNT e o regulamento do Inmetro para os temperados. A ação é resultado da parceria entre a Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos – Abravidro, NürnbergMesse Brasil – organizadora da Glass South America, Instituto Falcão Bauer, Universidade do Som e Setor Vidreiro. 

 

"Entendemos que as feiras têm um valor estratégico ainda maior em períodos de turbulência econômica e, nesse cenário, a Glass South America proporciona oportunidades de desenvolvimento de negócios e troca de melhores práticas entre profissionais do mercado e também entre as empresas” - - Ligia Amorim, diretora-geral da NürnbergMesse Brasil 

 

 

Palestras

 

 

Entre as atrações desta edição está a série de palestras na Arena de Gestão e Tecnologia. Daniel Estrela de Oliveira, diretor da Vidraçaria Global, e Rafael Carvalho Ribeiro, proprietário da Ângulo Projetos, falaram sobre como administrar, expandir e divulgar a sua vidraçaria em períodos de crise. Afinal de contas, esse assunto dominou o país nos últimos tempos. Os empresários evidenciaram os cuidados necessários no momento de realizar uma venda para não perder o cliente. Uma frase mal colocada ou a simples falta de criatividade na hora de conquistar o freguês podem ser fatores determinantes para fechar ou não uma contratação. 


“Tem que saber o preço do concorrente, saber o que está orçando, ter conhecimento técnico e apresentar soluções para o cliente. Levar amostras para ele já conta como algo a mais. Um atendimento bom conta bastante. O diálogo é a melhor forma de negociar”, explicam. Dentro deste panorama ainda, ressaltaram ainda que o público final está cada vez mais exigente, além de terem amplo acesso à informação via internet com rapidez e facilidade. A alegação é que é necessário estudar bastante para não deixar faltar o necessário que o cliente precisa saber. Outra dica durante a palestra foi o “fugir do básico” e buscar aparecer. Afinal de contas, quem não é visto não é lembrado, como apontou Daniel de Oliveira. Por isso, é necessário que se faça algum investimento em publicidade em mídias alternativas. Para a parte interna, ambos orientam a organização do ambiente de trabalho, bem como o cuidado com os funcionários e equipamentos de proteção individual e coletiva. 

 


Já Kátia Sugimura, sócia proprietária da Universo Vítreo, ministrou palestra sobre tudo que ela aprendeu exercendo a profissão de vidraceira. Falou sobre gestão de crise, concorrência predatória, organização interna e externa, bem como a valorização do profissional e do seu trabalho. Acima de tudo isso, a vidraceira ressaltou a satisfação do cliente como ponto chave para o sucesso de qualquer negócio. “Cada cliente tem uma necessidade diferente .Temos que atender e saber a diferença entre preço e valor. O valor é poder contar com aquela vidraçaria sempre que precisar, caso haja alguma dúvida ou problema”. 

 

“Cada cliente tem uma necessidade diferente e temos que atender e saber a diferença entre preço e valor. O valor é poder contar com aquela vidraçaria sempre que precisar, caso haja alguma dúvida ou problema”  - Kátia Sugimura, sócia proprietária da Universo Vítreo.

 

A UBV teve um estande de destaque na Glass South America 2016. Não só o espaço chamava a atenção, mas também os produtos exclusivos, como era o caso do Mini Boreal Espesso 7/8mm lançamento, com formas de aplicações diferenciadas. Além de tornar o ambiente onde é inserido mais privativo, há ainda o advento da luminosidade, bem como aparência e limpeza. O produto pode ser instalado em banheiros, portas, partes de decoração, divisórias de salas e parte de fechamento de sacadas com vidro mais espesso.

 

A Gusmão apresentou uma gama completa de produtos para todo o setor vidreiro e tudo aquilo que favorece os transformadores de vidros. Entre os destaques estão as baterias recarregáveis, que funcionam cerca de oito horas, além da mesa de corte de vidro laminado que é uma máquina que possui 10 patentes sobre velocidade, automação e qualidade de corte. 

 

 

A grande aposta da Alclean foi a divulgação do seu novo sistema Glazing para instalação de pele de vidro em pequenos projetos. Como forma de motivar o setor, a empresa desenvolveu um sistema com uma Rede Credenciada, que já reúne 70 empresa que fornecem de forma facilidade os componentes necessários a este tipo de aplicação, e ainda criou kits que facilitam a instalação. O sistema inovador foi apresentado em quatro formas no estande da empresa. O visitante pode conferir o processo em camadas e verificar todas as etapas e também conhecer o kit show room com uma amostra do sistema, que inclusive serve de mostruário para vidraçarias. Foi exibido ainda um vídeo explicando como comprar o vidro e realizar o treinamento que confere habilitação para trabalhar com o sistema e os visitantes participaram de uma gincana, onde ganhou prêmios quem conseguir montar mais rápido uma amostra do kit.

 

 

Inovação e tecnologia tomaram conta do estande da Landy Kits. O Kit Automatic era a atração do evento, um sistema automatizado de envidraçamento de sacada, dentro do conceito casa inteligente. O produto, que consiste no uso de um controle remoto que pode ser configurado em smartphone, também pode ser utilizado em divisórias de ambientes. O projeto é resultado de uma parceria entre a Landy Kits e a HS Envidraçamento. O vidro ainda conta com sensor de temperatura, chuva, vento, etc. Já na linha box, a empresa apresentou o vidro com espessura 6mm e roldanas para envidraçamento com rolamento em inox. Essa peça geralmente é fabricada em aço carbono. 

 

 

A Roaplas evidenciou o Kit Aqua Marine que é feito totalmente em alumínio com os componentes em latão forjado. O sistema possui máxima segurança, pois conta com uma trava na parte de cima, além de dupla regulagem. Outra novidade foi um puxador que não necessita de furo no vidro para ser instalado. O produto é regulável para vidros de 6, 8, ou 10mm. Por fim, outros dois puxadores novos com adesivo para Kit pia ou vitrine foram mostrados na feira. 

 

 

 

O estande da Funisa, único da feira com 100% acessibilidade de acordo com as normas da ABNT, trouxe alguns produtos consagrados no mercado. Um deles foi a coluna New Spider que foi estilizada e apareceu em uma nova versão arredondada. 

 

 

O destaque da Bonnadio foi a barra antipânico para fixação em vidro temperado. Em muitos casos, a barra costuma ser colada, porém em contato com altas temperaturas, ocorre o derretimento. Por isso, a empresa apostou na fixação para mais segurança. Fechadura de segurança equipada com cartões e senhas também estava presente no estande. Outra grande novidade foi a porta automática com um radar que forma uma cortina de laser que detecta a passagem da pessoa com excelência, o que evita acidentes. 

 

 

 

A Elber Ferragens inovou seus produtos e levou para a Glass a peça bate-fecha, feita em alumínio injetado, super prática de instalar com parafuso inox. A peça é disponibilizada em várias cores, com a possibilidade de estilização para projetos individuais. 

 

 

Entre as novidades da Adespec está um produto que limpa vidros com manchas mais fortes que indicam início de irisação. Já o Aquabrilho é um restaurador de superfícies que protege o vidro e impermeabiliza, criando uma película. Com isso, o vidro ou qualquer outra superfície plana fica mais lisa e o líquido não se espalha. 

 

 

 

A Glass Parts evidenciou seu robô que serve para virar chapas nas lapidadoras verticais. Além de otimizar o trabalho e a produção, é um projeto belga desenvolvido e fabricado no Brasil e acompanha atendimento técnico especializado. O produto reduz índice de quebra e de riscos, bem como tem baixo custo de manutenção e aumento da produtividade. 

 

 

 

 

 

 

 

A Di Vero aproveitou a feira para lançar a nova linha Luni, com fixação de encaixe modular que não precisa de solda. O diferencial é a junção em quase 360 graus, uma solução dos problemas de curvatura.

 

 

 

A Divinal apresentou a película de segurança para vidro Blindex. Além de não estilhaçar o vidro caso quebre, ainda aumenta a resistência da peça. O produto sai de fábrica voltado para boxes, mas pode ser aplicado em portas e janelas. 

 

A Schwantz levou para a feira o rebolo diamantado padrão para máquina lapidadora e uma máquina para fazer saboneteiras.  

 

 

O lançamento da Ludufix foi a rosca direta no concreto, que elimina o uso de bucha de nylon. Sua estrutura é leve e possui rapidez na aplicação, alta resistência à tração e arranchamento. 

 

 

 

 

 

A Franzmar lançou a maçaneta para recorte 1520 para vidro alvenaria e vidro vidro, com chave multiponto, que acompanha o código e chave tetra. A peça elimina o puxador e, por vezes, a mola de piso. A chave tetra é mais segura, libera a trava de segurança, trava a maçaneta e quando volta a trava recolhe. 

 

 

 

 

A Glass Vetro trouxe para a Glass South America uma série de lançamentos de fixadores que proporcionam mais facilidade e estética, pois não necessitam de furos e permitem ajustes mesmo depois de instalado e são mais leves e de fácil manuseio e armazenamento, além de ter um preço mais competitivo.

 

 

A PKO levou para a Glass um grupo de palhaços para representar situações do dia a dia com os vidros especiais da empresa, como o Privacy Glass, que traz privacidade com apenas um toque. O produto é feito por um processo de laminação de dois vidros com um filme de cristal líquido com polímeros dispersos. Quando uma voltagem é aplicada, as moléculas se organizam em uma direção específica, tornando-o incolor. Isso permite a passagem de luz por meio do vidro. Quando o dispositivo é desligado, volta a sua condição original, de branco translúcido. 

 

 

A Italotec apresentou a Ventosa Pneumática V4AC-ITK, com capacidade para 250 kg, giro vertical de 360 graus, basculante e giro do vidro de 90 graus.

 

 

 

 

 

A AL Puxadores apresentou, além da linha Chrome colorida, as novidades no kit engenharia e a maçaneta 1510 com dois mecanismos independentes. O kit já apresentava diversas vantagens, mas na feira foram levados os conjuntos de batedores (superior e inferior) de encaixe rápido. 

 

A Ideia Glass apresentou dois novos produtos na linha Elegance: o Elegance Black e Elegance Black Star, em preto fosco e o segundo com cristal aplicado. A empresa também mostrou o novo Kit Certo, que permite a abertura das portas em 180º. 

 

 

A Meron esteve na Glass South America priorizando seu mais novo modelo de mola, a MHP 500. O produto é feito em alumínio e aço, diferentemente do modelo antigo que é de ferro fundido. Ou seja, possui menor teor de corrosão e ferrugem devido à umidade, maresia e produtos de limpeza. Além disso, a nova mola possui um sistema de canais internos que fazem o ar do pistão hidráulico vazar, não perdendo o hidráulico em caso de vazamento de óleo. O produto e suas inovações são patentes da Meron.  A mola ainda possui sistema de regularem que permite a inclinação em até 15º, o que favorece a colocação de fechaduras eletrônicas.

 

 

A Invictos explicou aos visitantes como funcionam seus serviços de gerenciamento de vidraçarias com tecnologia avançada, que possibilitam até a realização de orçamentos via dispositivo móvel.

 

 

 

 

 

 

 

A fabricante de vidros e espelhos Guardian apresentou a nova Linha Residence, que reúne vidros de controle solar que se diferenciam pela beleza, alta performance e custo benefício, indicados para instalações em janelas, guarda-corpos, fechamento de sacada, tetos de vidro, portas de vidro, parapeitos e fachadas pele de vidro.

 

 

 

A Multimetais lançou a linha polímero de acessórios para vidro temperado. Como destaques do estande estavam os bate fechas de polímero e zamac com exclusivo alojamento para cadeado e a linha de puxadores injetados.

 

Durante os quatro dias de feira, a Saint-Gobain Glass expôs os seus já consagrados produtos aplicados nos mais variados ambientes. Entre eles, o SGG Listral K, mais conhecido como mini-boreal. Os visitantes também poderão encontrar o SGG Quadriglass® – um vidro moderno, sofisticado, inspirado nas principais tendências europeias. Com o SGG Quadriglass® os ambientes ganham uma opção versátil de decoração, pois permite ser aplicado em boxes, pisos, divisórias e até em tampos de mesa. O produto está disponível na espessura de 7/8 mm e na dimensão de 2,20 x 1,90m.

 

 

A participação da Arbax na Glass 2016, assim como nos anos anteriores, foi um grande sucesso além de proporcionar uma ótima visibilidade no mercado nacional e internacional e a solidificação de novas e antigas relações comerciais. A empresa pode enfatizar seu principal produto, o Óxido de Cério Arbax, produto com qualidade internacional que proporciona ótimas velocidades de polimento e acabamento impecável, sendo essencial para a obtenção do brilho em biseladoras, processos manuais, em algumas máquinas copo e também para a eliminação de riscos.   

 

 

Para a Potencia, a feira deste ano foi mais uma grande oportunidade de firmar presença no mercado e expandir relacionamentos com clientes. O encontro também proporcionou ampliar o mercado nacional e abrir um novo mercado na América do Sul levando aos países vizinhos a qualidade das ferramentas diamantadas Potencia e das ferramentas de corte manual de vidro Beidou, marca internacional que é distribuída no Brasil com exclusividade. A linha de rebolos e ferramentas diamantados da Potencia podem ser utilizados nas mais diversas máquinas, modeladoras ou retilíneas, lapidadoras automáticas e semi-automáticas para lapidação de vidros laminados. 

 

 

A estratégia da Lisec foi reforçar a linha Base, com equipamentos compactos, sem grandes diferenciais, mas fabricados com a mesma tecnologia e qualidade das máquinas mais robustas. O objetivo é atingir mercados emergentes e acabou sendo uma solução para o momento de crise, pois exige investimentos menores. O destaque da feira foi a mesa de corte para laminado, da mesma linha, que estava disponível apenas para vidro duplo e float. 

 

 

 

 

A WR Glass apresentou novos puxadores. O primeiro puxador de pressão apresenta apenas um furo e dois pontos de pressão. Já o segundo tem as mesmas especificações, porém possui apenas um ponto de pressão. 

 

 

Entre as novidades apresentadas pela Dorma+kaba estavam as ferragens para vidro temperado Mundus e o sistema para porta deslizante Muto. Também foram apresentados na Feira produtos de controle de acesso do portfólio incorporado da Kaba, hoje dorma+kaba, que atuam em conjunto com as portas automáticas. São eles: o Inova Plus, coletor de dados que alia design e tecnologia de ponta para a solução e o Inova Split, que é utilizado principalmente em portas para identificação do usuário, em projetos de controle de acesso.

 

 

A Tempermax atraiu um grande público para seu estande, mais com o objetivo de criar  relacionamento do que de expor de produtos, com uma atração inusitada. Uma coruja, símbolo da marca, divertiu os visitantes, que puderam tirar foto com o animal. A Tempermax possui o maior forno da América Latina, alta capacidade de produção e principalmente para vidros de grandes formatos, agregando tecnologia, qualidade e exclusividade, diferenciais capazes de transformar o seu projeto.

 

 

O principal destaque da Bottero foram as Flex Lami Lines, linhas de laminados totalmente automáticas. Por meio de vídeos da versão instalada na Viminas (ES), os visitantes puderam conhecer seu funcionamento com detalhes. Vale citar também o centro de usinagem PraticaPlus e a mesa de corte para laminados 520 LAM 37. Por fim, a empresa também exibiu a lapidadora retilínea copo modelo 110SC. 

 

 

O lançamento desta edição da Abrasipa foi um rebolo que já está revolucionando o setor vidreiro, o rebolo copo C.116, que possui durabilidade que pode chegar a 34 mil metros lineares. Além de gerar lucro, o rebolo garante produtividade, menos esforço da máquina e um espetacular acabamento. Toda linha de polimento de vidros estava exposta, contando também com as demonstrações do sistema de remoção de riscos que sempre deixa os visitantes entusiasmados e o Enduro Shield a proteção do vidro contra manchas e sujeiras, produto essencial para as vidraçarias que desejam diversificar o seu portfólio.

 

 

 

A Conlumi apresentou duas grandes novidades durante a Glass South 2016. A primeira, denominada como Portas Especiais Conlumi, confere dimensões extras às portas de vidro para aplicação em projetos que vislumbram exclusividade. A outra novidade foram os novos painéis modulares para divisórias ou fachadas. Todos são confeccionados em vidro simples ou vidro duplo e compostos por molduras tipo macho e fêmea em alumínio, ocultas por tarja serigrafada. Os painéis vão do piso até o teto, com altura máxima entre 2,70m e 3m e largura entre 1m e 1,20m, ideais para grandes vãos que necessitam de estrutura modular. A vantagem é que todos os painéis serão pré-moldados pela Conlumi, facilitando a instalação pelo vidraceiro.

 

Deixe seu comentário