Seção

Mercado

Força na tormenta

Sem perder o ritmo, fabricante nacional Vivix segue planejamento inicial e lança linha de espelhos Vivix Spelia

09/07/2016

Apesar da turbulência que persiste em diversos setores da economia neste início de ano, a Vivix Vidros Planos demonstra ter entrado confiante em 2016. Em pleno período de retração, em que a tendência natural do mercado é conter despesas e reavaliar investimentos, a fabricante anunciou o lançamento de sua primeira linha de espelhos, a Vivix Spelia, que chega ao mercado com diferenciais para concorrer em pé de igualdade com tradicionais linhas do segmento. “Devemos perseguir sempre as oportunidades, sobretudo em momentos de crise. Optamos pela manutenção dos investimentos previstos e concretizamos os projetos agendados para este ano. Como exemplo disso, iniciamos a produção dos vidros laminados (Vivix Lamina) e da nossa linha de espelhos”, afirma o diretor de marketing Henrique Lisboa.


Apresentado ao mercado no final de 2015, o Vivix Spelia é produzido sob processos sofisticados e alta tecnologia, além de destacar-se por alguns diferenciais inéditos. “O novo produto é fabricado por meio de um processo sustentável único no País, em que 100% da água e da prata aplicadas são recicladas”, diz o diretor.  Além disso, o produto agrega a tecnologia Copper Free e Lead Free, ou seja, é livre de cobre e chumbo, e também oferece mais brilho, durabilidade e garantia de doze anos.


De acordo com Lisboa, o lançamento acompanha o planejamento definido no início das operações da empresa, em 2014, quando produzia exclusivamente vidros planos incolores, de diversas espessuras. “Pouco depois foram adicionados os vidros coloridos (Vivix Colora), nas cores verde e cinza”, informa o diretor. “Em setembro de 2015, exatamente como previsto, foi a vez de dar inicio à linha de vidros laminados (Vivix Lamina), que já estão sendo distribuídos para o mercado. E em outubro, iniciamos a fabricação dos espelhos Vivix Spelia, que estão sendo comercializados desde novembro”.

 

“Além de agregar uma tecnologia diferenciada, nosso espelho oferece a maior garantia do mercado, de 12 anos. Os espelhos são cada vez procurados em novas aplicações no mercado moveleiro e de decoração, em que são usados, por exemplo, para gerar sensação de amplitude em áreas reduzidas, necessidade cada vez mais comum nos espaços residenciais e comerciais modernos”

 


Disponíveis nas versões incolor e cinza, os espelhos Vivix Spelia são fabricados com espessuras de 2 a 6mm, dentro de rigorosos critérios de qualidade e em concordância com a norma ABNT NBR 14696 de espelhos de prata e com a norma internacional EM 1036. “Acreditamos que há grandes oportunidades para o espelho na decoração, pois as formas de aplicação do produto ainda são restritas. Outro fator importante é que os arquitetos podem inovar em seus projetos usando espelhos de outras cores, a exemplo do cinza”, comenta Lisboa.


O diretor ressalta que o lançamento do Vivix Spelia está alinhado aos objetivos estratégicos da companhia para os próximos anos. “Depois de iniciada a produção de float, o foco da empresa passou a ser a ampliação de seu portfólio de produtos especiais. O objetivo de momento é consolidar a marca Vivix Spelia no mercado nacional”, afirma. Empresa pertencente ao Grupo Cornélio Brennand, a Vivix Vidros Planos é resultado de um investimento de mais de R$1 bilhão e tem capacidade produtiva de 900 toneladas/dia de vidros planos para os mercados da construção civil e moveleiro de todo o País. Para atender o mercado nacional, a empresa conta com um armazém de 50 mil m², na própria planta, com capacidade 66 mil toneladas de vidros planos, além de um centro de distribuição em São Paulo com uma área de armazenamento de 15 mil m².


Instalada no município de Goiana, em Pernambuco, a Vivix é considerada uma das mais modernas fábricas de vidros planos do mundo e emprega uma tecnologia inédita no Brasil, a L.E.M.™ (Low Energy Melter), que permite um eficiente processo de produção do ponto de vista energético. “Oferecemos hoje ao mercado produtos de altíssima qualidade, com dimensões variadas para atender as necessidades do mercado e garantir o melhor aproveitamento das chapas por parte de nossos clientes processadores”, diz Lisboa. Segundo ele, a demanda de espelhos apresentou considerável aumento nos últimos anos no mercado externo e ainda oferece grande potencial de crescimento internamente. Por essa razão, o Vivix Spelia passa a ser uma das grandes apostas da empresa, ao lado dos laminados Vivix Lamina. “Além de agregar uma tecnologia diferenciada, nosso espelho oferece a maior garantia do mercado, de 12 anos. Os espelhos são cada vez procurados em novas aplicações no mercado moveleiro e de decoração, em que são usados, por exemplo, para gerar sensação de amplitude em áreas reduzidas, necessidade cada vez mais comum nos espaços residenciais e comerciais modernos”.


Em sua estratégia para atravessar a recessão e dar sequência ao cronograma de investimentos estabelecido no planejamento inicial, a Vivix pretende intensificar a busca por processos cada vez mais eficientes. “Nossas expectativas são positivas, mas sabemos que o ano nos demandará um grande esforço diante do cenário econômico projetado. Ampliamos o nosso mix de produtos e fortaleceremos a nossa participação no mercado em 2016. Além disso, vamos continuar investindo fortemente na capacitação do nosso colaborador e contribuindo para a qualificação da cadeia vidreira”, frisa Lisboa.

 

Linha de produção Vivix Spelia


O planejamento para os próximos anos inclui o início da produção de vidros pintados e a implantação de uma nova linha para produção de vidros refletivos.
Segundo o presidente da Vivix, Paulo Drummond, a postura do mercado diante da crise deve ser de cautela, mas sem recuo.  “Em momentos de crise precisamos ser criativos e detalhistas, identificando dentro dos nossos negócios pontos de melhoria e oportunidades que possam existir. É inegável que o momento requer atenção e uma boa gestão fará a diferença. O mercado de vidros planos tem um grande potencial de crescimento, razão pela qual mantivemos os nossos investimentos e concretizamos importantes projetos no ano passado, cumprindo o compromisso que assumimos com o mercado desde nossa implantação“, afirma Drummond. 


Acompanhe, a seguir, a entrevista completa concedida pelo presidente da Vivix à Vidro Impresso.

 

Entrevista: Paulo Drummond - Presidente da Vivix Vidros Planos

 

Quais são os diferenciais da atuação da Vivix em relação às suas concorrentes?


Um dos nossos principais diferenciais está na forma singular de olhar o mercado. Atuamos com proximidade junto ao nosso cliente, identificando suas necessidades e mantendo um canal de comunicação ativo e constante.
 


Quais as principais apostas da Vivix para 2016?

 

Nosso objetivo para 2016 é trabalhar no sentido de consolidar nossa marca e nossos produtos no mercado, como sinônimo de qualidade, alta tecnologia e inovação, com foco na sustentabilidade.  


 
Na sua avaliação, quais serão os principais desafios a serem enfrentados este ano?


Acredito que o nosso maior desafio para 2016 será contribuir para o fortalecimento do mercado de vidros planos, atuando na qualificação do setor e consequente elevação do nível dos serviços oferecidos. Outro ponto de destaque é desenvolver ações que propiciem o aumento do consumo dos vidros planos por meio de novos usos e aplicações.


 
O Brasil assiste a um início de ano permeado por incertezas e pessimismo no plano econômico. Como a Vivix deverá se portar diante desse cenário?


Este será um ano diferente, em virtude do cenário econômico que está posto, onde prevalecem indefinições políticas e econômicas. A Vivix está atenta a esse quadro, para adotar medidas que minimizem as consequências negativas dessa situação.


 
Acredita que atravessamos um período de “pé no freio” ou o momento é de investir em produtos mais complexos e de maior valor agregado?


É inegável que o momento requer atenção, em que uma boa gestão fará a diferença e em que os empresários do setor precisarão estar mais atentos ao cenário econômico e político, com agilidade para fazer os ajustes que forem necessários. Mas, o Brasil tem um consumo per capita muito baixo se compararmos com países da Europa e com os EUA, o que nos faz crer que o mercado de vidros planos tem um grande potencial de crescimento. Em nosso País o vidro ainda é utilizado de forma restrita com relação as suas possibilidades de aplicações. Se a cadeia conseguir disseminar as alternativas de uso que o vidro apresenta, certamente veremos um grande avanço no consumo do produto, reduzindo o impacto do cenário econômico no setor e evitando assim a depreciação de valor dos nossos produtos.

 

De que forma os fabricantes de vidro plano têm sido afetados por esse período nebuloso? Na sua avaliação, quais as perspectivas para o segmento em 2016?


As consequências do cenário são, sem dúvida, a alta volatilidade do mercado, que, em um processo produtivo como o nosso, traz consequências diretas na operação. Para 2016 antevemos uma nítida tendência de redução no consumo e para minimizar o impacto no mercado será necessário apostar na qualificação do setor e na diversificação na aplicação do vidro.


 
A Vivix inaugurou sua fábrica no início de 2014. Que balanço faz desses quase dois anos de atuação no mercado nacional?


A Vivix Vidros Planos vem evoluindo como previsto em nosso plano de negócios. Iniciamos nossas atividades produzindo exclusivamente vidros planos incolores e coloridos e, no último ano, lançamos no mercado nacional o vidro laminado Vivix Lamina e os espelhos Vivix Spelia.


 
Há planos de expansão da Vivix para outras regiões do País ou mesmo para outros países?


Faz parte do planejamento do Grupo Cornélio Brennand a expansão das atividades da Vivix, com a implantação de uma segunda planta. Porém, diante do cenário econômico, não consideramos adequado tratar desse assunto no momento.

 

Deixe seu comentário