Seção

Empresas e Negócios

Ferramentas diamantadas de qualidade fazem toda a diferença no produto final; confira

Desenvolver produtos para a lapidação e acabamento com matéria-prima de qualidade, dentro das normas e certificações, é a missão da Potencia, que também disponibiliza cortadores, peças de reposição e separadores de cortiça

03/07/2017

Desenvolver produtos para a lapidação e acabamento com matéria-prima de qualidade, dentro das normas e certificações, é a missão da Potencia, que também disponibiliza cortadores, peças de reposição e separadores de cortiça

Suprir a necessidade de uma diversidade de ferramentas diamantadas de qualidade, com o melhor custo-benefício, é o objetivo da Potencia Diamantes desde 2010. “A lapidação do vidro é importante para a dar acabamento à peça, modelando-a, além de aumentar sua resistência e agregar valor ao produto final”, explica Andrey Moreira, diretor da Potencia Diamantes.

Entre a variedade de produtos estão rebolos diamantados - copo e copo turbo, perifério reto, filete e meia cana-, resina, brocas, escariadores, fresas, discos de corte, cortadores manual de vidro, régua T para corte manual de vidro, compasso para corte manual de vidro, separadores de cortiça para vidro e peças de reposição como roldanas e rodízio de corte. “Nossas ferramentas proporcionam maior precisão no corte de vidro, além de serem anatômicas e fácil de manusear”, completa o executivo.

Moreira conta que o carro-chefe da empresa é a linha completa de ferramentas diamantadas, mas destaca as cortiças para separação de vidro, que possuem baixo custo, não agridem o meio ambiente, não deixam resíduos no vidro e economizam espaço de armazenamento. 
Além da fabricação da linha própria completa, a Potencia é também distribuidora exclusiva das ferramentas de corte manual de vidro Beidou. “Sempre buscamos suprir as necessidades que vão surgindo no mercado e, consequentemente, nossa linha de produtos tem aumentado a cada ano, assim como a demanda de espaço e colaboradores”, afirma.

Preocupação com a qualidade

Para buscar matéria-prima de qualidade e garantir o resultado final dos produtos, a empresa visita pessoalmente cada fornecedor, em uma análise criteriosa, e realiza, além de possuir certificação ISO 9001, testes junto aos clientes. “Nossos produtos são importados e periodicamente visitamos nossos fornecedores e executamos testes de qualidade para que a excelência de nossos produtos seja mantida e as solicitações de nossos clientes atendidas”, ressalta Moreira. 

Toda essa preocupação em atender o mercado vidreiro com qualidade e excelência, rendeu à empresa o Prêmio Destaque Anavidro. “Os prêmios são resultado da nossa dedicação e preocupação em atender nossos clientes de forma personalizada, entregando produtos de qualidade no menor tempo possível”, conta o diretor. 

Parte importante deste processo de produção rigoroso e atendimento qualificado ao cliente são os colaboradores capacitados através de programas de treinamento constantes. A empresa ainda desenvolve frequentemente campanhas motivacionais. Com os distribuidores, representantes de sua marca por todo território brasileiro, não é diferente.  Eles recebem todo suporte do vendedor responsável e materiais promocional e de marketing digital dos produtos para alavancar as vendas.

Cortiças

 

Cortador

Alinhados às tendências e busca de um relacionamento constante com seu público, tanto distribuidores como vidraceiros, a Potencia está presente nas principais feiras do setor, Expo China Glass e a Glasstec na Alemanha, e é expositora das edições bianuais da Glass South America.
Andrey Moreira diz que a presença na Glass South America proporciona o estreitamento de relações com os clientes, a abertura de novos contatos e é uma grande vitrine, já que é a maior feira do setor vidreiro na América do Sul. Já as visitas nas feiras internacionais trazem conhecimento do que está acontecendo no mundo e também relações de negócios.

A Potencia participa ainda de um projeto social chamado Investidor Social, financiado por diversas empresas e criado pela Instituição Amélia Rodrigues, em 2002, com o objetivo de captação de recursos para manter os projetos socioeducativos da Instituição.

 

 

Deixe seu comentário