Seção

Produtos

Detalhes que fazem a diferença

Durabilidade, segurança e acabamento de qualidade distinguem os puxadores mais visados pelo mercado

15/08/2016

 

Uma porta ou janela de vidro temperado, ainda que bem projetada e instalada, perderá sua utilidade e pode comprometer a obra se não contar com um puxador de qualidade. “Apesar de influenciarem de forma decisiva na estética do projeto, os puxadores estão longe de ser meras peças de decoração ou composição”, frisa Edinilson Macedo, responsável pelo departamento de engenharia de desenvolvimento da Metalúrgica WA. “Além de se integrarem aos ambientes, é imprescindível que sejam de ótima qualidade, especialmente em estabelecimentos comerciais com fluxo intenso de pessoas, onde os puxadores são muito exigidos, e qualquer avaria neles pode prejudicar a segurança e a aparência do local”.

 


Na avaliação de Macedo, o mercado de acessórios para vidro no Brasil tem tudo para continuar evoluindo, em busca de soluções alinhadas às novas propostas arquitetônicas e decorativas, que em geral tendem a buscar produtos esteticamente diferenciados e de maior complexidade. “A exemplo de outros setores, estamos passando por um período de instabilidade. Mas acredito que com as políticas corretas esse quadro se reverterá e encontraremos o caminho para a retomada de crescimento”, afirma. Para Vinícius Barrial, da Multimetais, em tempos de crise econômica cabe aos fabricantes reduzir os custos de produção sem comprometer a qualidade. “É isso o que garante competitividade, uma vez que, nesses momentos, qualquer repasse de preço pode trazer grandes complicações para a empresa”.

 

Quanto aos modelos de puxadores disponíveis, Macedo cita os tradicionais tubulares e os de barra achatada, que seguem uma linha mais moderna. “O intercâmbio global hoje é muito intenso, e os inúmeros tipos de puxadores desenvolvidos mundo afora se difundem rapidamente, com grande variedade de cores, formatos e tamanhos”, aponta o engenheiro da WA. “A evolução desses produtos acompanha o desenvolvimento dos projetos arquitetônicos, porém muitos modelos tradicionais permanecem fortes, com espaço garantido no mercado até hoje”. Para Gleibe Rodrigues, sócio-proprietário da Ferragens TQ, segurança e estética devem ser conciliadas para garantir um produto de qualidade. “Além de ser durável e bem acabado, um bom puxador deve ter design diferenciado e garantir segurança ao usuário”.

 

Segundo o diretor da Glass Vetro Nelson Libonatti, aço, latão, resina, ABS, alumínio, madeira e vidro são os materiais que mais garantem durabilidade. “Aço e latão estão no topo do ranking, desde que o material empregado seja de qualidade”, aponta o diretor. “A principal diferença está no material. Se o cliente quer algo mais durável, pode optar por um modelo em aço. Se desejar um produto mais acessível, recomenda-se resina ou ABS. Se quer um intermediário, o alumínio é o mais indicado. E caso queira algo mais sofisticado há ainda as opções em vidro”.
Entre as novidades que surgiram nos últimos anos estão os puxadores em polímero, solução que a AL Puxadores trouxe ao mercado com o intuito de agregar ao portfólio uma opção com acabamento diferenciado e bom custo-benefício. “Um produto que tem sido muito procurado, sobretudo por seu baixo custo, é o puxador de madeira”, cita o diretor da AL, Max del Olmo.

 

 

 

Na hora de escolher o puxador mais adequado a cada necessidade, é importante, em primeiro lugar, observar a medida entre os furos, recomenda Libonatti, da Glass Vetro. Em seguida, avaliam-se o design e tipo de acabamento. “Como a maior parte dos produtos existentes no mercado vem de fora do País, eles apresentam grande diversidade de medidas entre furos. Sendo assim, o vidraceiro pode auxiliar o cliente mostrando a vasta gama de modelos, para fugir do convencional”. Quanto aos procedimentos de instalação, embora relativamente simples, requerem um profissional qualificado e atento. “É importante aplicar o produto com todos os itens que o acompanham e evitar danificá-lo com arranhões. As ferramentas essenciais para instalação são chave allen e chave de fenda”, informa Libonatti.


 

Confira a seguir uma seleção de modelos de puxadores para vidro feita por nossa reportagem.

 

Dorma


A Dorma prepara para a Glass South America 2016 o relançamento de sua linha de puxadores Manet. A linha mantém seu design contemporâneo e marcante. Inicialmente desenvolvidos para utilização apenas em vidro temperado, agora estarão compatíveis também com portas de outros materiais, como madeira, PVC e metal. São puxadores de alto padrão, com acabamento em aço inox escovado e plataforma modular, estando disponíveis em diversos tamanhos, de 350 mm com 2 pontos de fixação até 1760 mm com 4 pontos de fixação.

 

 

Glass Vetro


 

O puxador 646 Inox Polido entre Eixos Ajustável foi lançado pela Glass Vetro em 2008 com o intuito de corrigir possíveis erros de furação, ou seja, para evitar que a chapa de vidro fosse perdida quando os furos chegavam com erro de medida. Fabricado no exterior, o produto oferece regulagem de ajustes entre os eixos, com 50 mm para mais ou para menos em relação ao padrão do mercado. Com acabamento em aço polido 304, tem formato tubular e medidas de Ø25mm x 450mm, com parede do tubo de 0,8mm.   

 

 

 

 

 

 

 

 

Di Vero

 

 

O destaque no portfólio da fabricante Di Vero é o puxador C retangular, oferecido nas medidas 30x20mm, 40x20mm, 50x20mm e 70X20mm. Com vão livre entre os eixos, o modelo é projetado para aplicação tanto em vidro como em madeira. Os diferenciais incluem alinhamento e acabamento de alta qualidade, com soldas internas e encaixe simples e preciso. Disponível nos acabamentos escovado fino e polido espelhado, o produto é fabricado em aço inox e indicado para vidros com até 50mm de espessura. Para evitar atrito entre materiais, a fabricante recomenda montar o puxador com arruelas siliconadas entre o vidro e o inox. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Metalúrgica WA

 

A fabricante de ferragens trabalha com ampla variedade de puxadores para inúmeras aplicações, como box de banheiro, janelas, portas de madeira e de vidro temperado.

Entre os modelos em destaque estão o Puxador Tubular e o Puxador Barra Chata, ambos fabricados em alumínio de alta resistência, que passa por tratamentos térmicos e de superfície para garantir qualidade e segurança. Mais tradicional, o Puxador Tubular é um produto consolidado há muitos anos no mercado. Já o Puxador Barra Chata foi lançado em 2015, seguindo a tendência de peças com formas retangulares. Simples e práticos, são facilmente montados e instalados. Outro diferencial é o acabamento das peças, que passam por tratamento de superfície para maior durabilidade.

 

 

 

 

 

 

 

AL Puxadores


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acompanhando a demanda de mercado por um produto diferenciado, a AL Puxadores investiu grandes esforços para desenvolver com exclusividade seus modelos de puxadores produzidos em polímero. Fabricados com ferramental e maquinário específicos, propiciam ao vidraceiro, por um custo similar ao de outros produtos do segmento, a oportunidade de agregar valor à sua instalação e oferecer algo diferenciado a seus clientes.

 

 

Multimetais

 


 

 

 

A Multimetais oferece dois tipos de puxador, um com furo central e outro com 30 cm entre furos. Lançado em 2014, o produto chegou para suprir uma demanda por qualidade associada a melhores condições comerciais. Fabricado em zamac, oferece acabamento e design diferenciados, assemelhando-se aos puxadores em aço inox, de custos muito superiores. Conta com parafusos de fixação dos dois lados, impedindo que o puxador fique desalinhado depois de instalado. Com design arqueado, apresenta acabamento cromado e com pintura eletrostática, nas cores branca, preta, bronze, marrom e cinza fosco. São indicados para portas de vidro temperado de 6 a 12mm, e também podem ser aplicados em portas de madeiras, bastando para isso substituir o parafuso por um 20 mm maior.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ferragens TQ
 



O puxador concha da Ferragens TQ foi lançado em 2012 para suprir uma demanda por modelos nesse formato que oferecessem maior durabilidade e resistência a intempéries. substituindo assim os tradicionais puxadores de madeira que se deterioram sob sol e chuva. O produto é fabricado em alumínio injetado sob alta pressão, que confere uniformidade e dureza à liga, e pode receber acabamento cromado ou pintura eletrostática nas cores preta, bronze, branco, marrom e alumínio fosco. Com design slim, é indicado para aplicações em portas pivotantes.

 

 

 

 

 

Glasspeças

 

Lançada em 2012, a linha de puxadores em alumínio da Glasspeças foi desenvolvida com o objetivo de oferecer um produto de acabamento diferenciado a um custo compatível com a qualidade. Produzido com acabamento cromado ou pintado, o modelo foi pensado como alternativa aos puxadores polidos, oferecendo o mesmo brilho das ferragens cromadas, sem desbotar com o tempo. 

 

 

 

O processo de fabricação inclui uma linha de corte dos tubos e pintura totalmente automatizada, garantindo agilidade e curto prazo de produção, além de dimensões padronizadas. Os produtos são comercializados com cinco anos de garantia para defeitos de fabricação. Além das dimensões padrões de mercado, os puxadores da Glasspeças podem ser produzidos em dimensões específicas para aproveitamento de furações errôneas dos vidros. Com um tarugo central e dois tarugos colantes, o puxador Tubular H pode ser instalado com apenas um furo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

WR Glass

 

 

 

 

A WR Glass trabalha com uma ampla variedade de modelos, de quadrados e curvos a mini-puxadores para box. O campeão de vendas da empresa é o puxador H. Com design clean, o produto conta com soldas precisas e sistemas de soldagem mecanizados. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário