Seção

Arquitetura e Vidro

Curvas dinâmicas: design diferenciado em fachadas e outras aplicações

Combinação de vidro com outros materiais cria efeito ondulado surpreendente e máxima transparência em edifício ‘retrofitado’, que recebeu diversos prêmios por sua inovação

27/03/2017

O desafio dos arquitetos da Belzberg Architects foi renovar um prédio de três andares com uma estrutura de estacionamento adjacente de 135.000 metros quadrados, localizado em Wilshire Boulevard em Beverly Hills, na Califórnia - Estados Unidos, para abrigar a sede do Grupo Gores. “Nossa equipe viu oportunidades. Avaliamos o potencial do projeto para uma fachada de vidro e transformamos o perfil do prédio, mudando fundamentalmente o modo como os funcionários dessa empresa de serviços jurídicos interagem uns com os outros e com o seu entorno”, revela o escritório. 

Para produzir o efeito da fachada em quedas e curvas, a equipe desenvolveu um novo sistema de painel de vidro que parece estar caindo. Cada painel de 4 ‘x 8’ compreende duas chapas de vidro, intercaladas por PVB, que acentua a queda, filtra as exibições, fornece privacidade e melhora consideravelmente o acesso à luz natural. A espessura dos painéis também reduz o som e a vibração da rua movimentada. 

Embora existam apenas oito padrões exclusivos, a configuração não se repete e, em geral, a aparência do vidro muda dramaticamente ao longo do dia por causa da curvatura. Isto dá à fachada um caráter dinâmico. O projeto ganhou diversos prêmios por sua inovação. Um deles, recebido em 2015- Architectural Record, reconhece o edifício como o melhor na categoria painel de vidro. 

Máxima transparência

A Belzberg Architects, o fabricante de vidro Pulp Studio e a California Glass Bending especificaram o vidro laminado Starphire Ultra-Clear da PPG. Feito a partir de uma formulação proprietária de baixo teor de ferro, que atinge máxima transparência, com  uma transmitância de luz visível de 91%. O material cria uma superfície cintilante e multitextura que interage durante o dia com a luz solar e à noite com as luzes LED salpicadas pela extensao da estrutura. 

Materiais se completam

Três materiais diferentes são usados como veículos para a implementação da fachada fora dos padrões convencionais, criando um grande mosaico tridimencional: vidro, pedra e metal perfurado. Eles trabalham em conjunto para produzir um efeito sem costura e elegante que também funciona melhor do que o vidro normal, estruturalmente, termicamente e acústicamente. 

A camada dupla de vidro é o palco desta fachada. Em sua intersecção, a pedra é esculpida em três dimensões em formas semelhantes ao do vidro com efeito de queda, desfocando a linha de transição de uma textura a outra. O terceiro material forma o perfil da fachada unificada, dando uma forma ondulante. Esta transição sem emenda, mesmo com materiais diferentes, cria uma estrutura única.

“Embora a aplicação típica e predominante de vidro em um sistema de cortina seja usado para difundir barreiras visuais, esta fachada tem uma das primeiras aplicações em que o vidro é usado para fazer exatamente o oposto. Estamos usando a mesma tecnologia que foi desenvolvida para proliferar magreza e transparência para produzir forma, volume, espessura e padrão”, afirmam os autores do projeto

Qualidade de vida aos usuários 

O sistema de fachada de camada dupla ajuda a regular a qualidade do ar interior de uma forma sazonal por ventilação mecânica de ar quente para cima e para fora no verão, e aquecimento e circulação do ar mais frio no inverno. A abertura do espaço do átrio reflete este efeito de chaminé da fachada, utilizando uma claraboia para liberar ou reter calor, dependendo das condições. Além disso, a camada de PVB entre os painéis de vidro ajuda a filtrar a visibilidade, proporcionando privacidade e uma captação controlada da luz. 

A área também apresenta agora uma escada generosa para incentivar os funcionários a se reunirem para conversas improvisadas. As adições desta escada, de um grande terraço e um jardim têm um efeito positivo na cultura e saúde de todos os usuários.

 

 

 

Deixe seu comentário