Seção

Fique por Dentro

Coloridos e estampados

Processo de serigrafia confere ampla versatilidade ao vidro, desdobrando-se em uma infinidade de aplicações

30/07/2016

Catedral em Oakland, na Califórnia, com serigrafados da Viracon

São cada vez mais diversificadas as técnicas usadas para transformar o vidro comum em peças de decoração criativas e funcionais. Usada tanto para colorir como para imprimir imagens no vidro, a serigrafia é apenas um dos inúmeros processos hoje empregados para personalizar o material, mas certamente situa-se entre os mais difundidos.

 

 


“Estética e funcionalidade são as duas principais características dos vidros serigrafados”, avalia o auditor de qualidade da beneficiadora Conlumi, Marcio Cozza. E acrescenta: “Eles aliam o charme e a criatividade de uma peça decorativa à eficácia de sua aplicação, que se adapta às mais diversas situações, visando tanto privacidade como estética ou até mesmo controle solar”.

 

 


Seja para revestir uma parede, dar destaque a determinado detalhe de um projeto, personalizar um produto, criar uma fachada diferenciada ou conferir privacidade e proteção a um ambiente, os vidros serigrafados dispõem de flexibilidade para atender a variadas necessidades estéticas e funcionais de aplicação, e por essa razão são amplamente explorados por arquitetos, decoradores e designers de produtos e projetos.

 

 

 

“Os usos mais frequentes são no fechamento de áreas externas, em produtos de linha branca, na indústria moveleira – em prateleiras e detalhes de acabamento, boxes de banheiro, portas, divisórias –, em automóveis e na construção civil, tanto em ambientes internos como em fachadas de edifícios”, diz Cozza.

 

 


O auditor destaca algumas das funcionalidades atribuídas ao vidro serigrafado que vão além do aspecto decorativo. “Em automóveis, por exemplo, eles agem no bloqueio e controle dos raios solares que causam perda de aderência da cola utilizada na fixação das peças, sendo um instrumento de segurança”, exemplifica. “Já em eletrodomésticos, como fornos elétricos e de microondas, a serigrafia protege e esconde a lã térmica que mantém o calor interno. Em ambientes fechados, podem proporcionar controle da luz solar e maior privacidade.”

Deixe seu comentário