Seção

Empresas e Negócios

Centenária na vanguarda

Presente em ?? países, Grupo Dorma atinge recorde de vendas e reafi rma liderança em sistemas para portas de vidro

06/11/2012

O edifício Rochaverá, em São Paulo, recebeu portas automáticas da Dorma

Líder mundial no mercado de controles de fechamento de portas, painéis móveis e deslizantes e ferragens e acessórios para vidro, a multinacional Dorma atingiu no
último ano fi scal a marca histórica de ? 944,4 milhões (cerca de R$ 2,3 bilhões) em vendas e encerra 2011 com expressivos resultados. O grupo registrou aumento
de 10,3% em vendas líquidas consolidadas e, depois de ajustes de variação cambial e aquisições, as vendas subiram 6,5% em relação ao ano anterior.

 

 


Há mais de um século no segmento, a empresa concentra investimentos no desenvolvimento de novas soluções e tecnologias para o fechamento de portas, além de alocar recursos constantes para a capacitação profissional de seus funcionários. “Entendemos que o fator humano é imprescindível para o desenvolvimento de qualquer negócio ou corporação”, afi rma Claudia Patricia Lopes, gerente de produtos da divisão Glass da Dorma.

 

 


Com ampla operação em escala internacional, a Dorma conta atualmente com mais de 70 unidades, espalhadas por 49 países. Ao longo de sua trajetória centenária, a empresa adotou como foco principal o desenvolvimento de especialidades e soluções que dessem conta da crescente demanda do mercado mundial, que se mostrava cada vez mais exigente. “Com esse desafi o em mente, A empresa, que já era pioneira na oferta de sistemas de controle para portas, acabou se tornando líder do segmento”, ressalta a gerente.

 

 


Segundo ela, uma das maiores difi culdades enfrentadas pela empresa no mercado brasileiro foi a falta de normatização para o uso de determinados produtos. “Alguns segmentos estão caminhando”, avalia. “Mas ainda é comum encontrar instalações em que os produtos utilizados estão em desacordo com a capacidade técnica do sistema fornecido.” Para sanar esse problema, informa, grandes empresas do setor estão se unindo para, em parceria com o Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não Ferrosos do Estado de São Paulo (Siamfesp), formar um grupo setorial e uma comissão para desenvolver uma normatização de ferragens para vidro temperado, da qual Claudia é coordenadora.

 


Fundada em Ennepetal, na Alemanha, em 1908, a Dorma chegou ao Brasil em 1984. Dois anos depois, instalou em Tamboré, na região metropolitana de São Paulo, uma unidade que responde por toda a América Latina. “Nossa meta é trazer para o Brasil tudo o que existe de novidade no mundo, oferecendo soluções completas e produtos específicos para necessidades especifi cas”, diz Claudia.

Deixe seu comentário